intranet

18 de fevereiro – O DIA NA HISTÓRIA

É o dia 49 do ano que acaba em mais 318 dias

Comemora-se

Em Portugal, o Dia da Yoga

O Fato do Dia

1964 – Brasil: A diocese de Guajará-Mirim faz funcionar a Rádio Educadora

O Dia na História

1519 – explorador espanhol Hernan Cortês parte de Havana (Cuba), rumo ao México.
1546 – Alemanha: Morre Martinho Lutero que liderou a reforma protestante.
1564 – Itália: Morre o artista plástico Michelangelo.
1665 – Índia: Os ingleses tomam dos portugueses a cidade de Bombaim.
1838 – Brasil: Uma das últimas cargas dos rebeldes da Revolta da Sabinada, na Bahia, contra as tropas governistas.

1861 – Itália: O rei Victor Manuel II dirige a sessão de abertura do primeiro Parlamento italiano.
1930 – Espaço: O astrônomo Clyde Tomhaugh anuncia ter sido o primeiro a identificar o planeta Plutão.
1934 – Noruega: Lei determina que as mulheres podem ter acesso a todos os cargos do Estado e da Igreja.

1942 – Brasil: O vapor brasileiro Olinda é torpedeado por submarinos alemães e afundado ao largo da costa do Estado de Virginia, nos Estados Unidos.

1943 – Brasil: Submarinos alemães afundam o navio brasileiro Brasilóide nas proximidades de Recife.

1945 – Nasce Edir Macedo Bezerra, empresário e líder da Igreja Universal.

1977 – China: Mais de 600 mortos num incêndio no cinema da cidade de Xinjinag.
1978 – Hawai: Na ilha de Waikiki é realizada a primeira prova do Iron-man.
1983 – Brasil: O presidente João Figueiredo autoriza a maxidesvalorização da moeda nacional, o cruzeiro.
1986 – Brasil: Primeira cirurgia de fígado no país, tendo como paciente o menino Leandro Batista dos Santos, de 2 anos.
1986 – Brasil: Morre o compositor Nelson Cavaquinho.

1989 – Fanatismo: O escritor Salman Rushdie, autor do livro Versos Satânicos, em que critica a religião muçulmana e, por isso, foi condenado à morte (apesar de não estar em país muçulmano), pede desculpas aos fiéis dessa religião.
1996 – Inglaterra: Novo atentado do grupo revolucionário irlandês IRA, em Londres, deixa o saldo de um morto e nove feridos.
2001 – Brasil: O grupo presidiário Primeiro Comando da Capital, o PCC, promove uma mega-rebelião em 25 penitenciárias de São Paulo.
2003 – Coréia do Sul: Na cidade de Daegu, um incêndio no metrô mata 133 pessoas.

Botão Voltar ao topo
Skip to content