intranet

18 de abril – O DIA NA HISTÓRIA

É o dia 109 do ano e faltam 257 dias para 2008 acabar.

Comemora-se

Dia Nacional do Livro

Dia de Monteiro Lobato

O Fato do Dia

O dia na História
1506 – Igreja: O papa Júlio II coloca a primeira pedra para construir a Basílica de São Pedro, em Roma.
1791 – França: Preso, o rei Luiz XVI tenta e não consegue fugir da prisão.
1847 – Tropas dos EUA, comandadas elo general Scott, vencem a batalha de Cerro Gordo, contra as tropas do general mexicano Antonio Lopez de Santa Anna.
1906 – EUA: Acontece o grande terremoto de São Francisco, destruindo a cidade e causando enormes prejuízos humanos e materiais.
1942 – II Guerra Mundial: primeiro ataque aéreo dos EUA à cidade de Tóquio.
1945 – Brasil: Sob forte pressão, o presidente, Getúlio Vargas, concede anistia aos presos políticos.
1946 – A ONU assume as funções da Sociedade das Nações, que é considerada dissolvida.
1949 – É oficialmente proclamada a República da Irlanda.
1955 – EUA: Data da morte do físico alemão, naturalizado norte-americano Albert Einstein, descobridor da Teoria da Relatividade e vencedor do Prêmio Nobel de Física de 1921.
1955 – Indonésia: Dezenas de países da ásia e da África participam da Conferência Internacional de Bandung para se lançar à guerra contra o subdesenvolvimento, o racismo e o colonialismo.
1961 – Argentina, Chile, México e Venezuela: Manifestantes protestam nesses países contra o bloqueio econômico imposto pelos EUAS a Cuba.

1966 – China: Na tentativa de se fortalecer politicamente, Mão-Tse- Tung, líder máximo chinês, inicia o período que se chamou Revolução Cultural, durante o qual houve muita violência no país.
1983 – Líbano: a explosão na embaixada dos EUA em Beirute deixa 79 mortos.
1988 – Instalações petrolíferas iranianas são atacadas por aviões dos EUA que apoiavam os iraquianos na Guerra Irã-Iraque.
1992 – Rússia: Deputados aprovam uma nova Constituição, pela qual o presidente da Federação não tem o direito de direito de dissolver o Parlamento.
2001 – A Comissão dos Direitos Humanos da ONU condena Cuba e exige que o país peça cooperação internacional para assegurar as liberdades fundamentais aos cubanos

Botão Voltar ao topo
Skip to content