Sem categoria

Servidores aprovados em concurso tomam posse no Tribunal de Contas

Foram empossados nesta terça-feira (1º) pelo presidente do Tribunal de Contas (TCE-RO), conselheiro José Euler Potyguara Pereira de Mello, quatro novos servidores aprovados no concurso público realizado em 2013 para o cargo de analista de informática. Os quatro desenvolverão suas atividades na Secretaria de Informática da Corte de Contas.

Ao dar as boas-vindas aos novos servidores, o presidente José Euler falou da expectativa de que eles possam reforçar a área de tecnologia da informação (TI) do TCE. “Hoje a informática é fundamental para qualquer instituição e não é diferente no Tribunal de Contas. Temos sistemas já implantados ou em processo de implantação que se constituem ferramentas importantes para o exercício do nosso trabalho cotidiano”, disse.

O conselheiro presidente ainda citou o cuidado que o Tribunal de Contas dispensa à manutenção de um ambiente de trabalho construtivo e saudável, possibilitando, dessa forma, o crescimento humano e profissional de todos os que atuam na busca do sucesso da Corte em sua principal missão, que é a de fiscalizar os gastos públicos.

FORMAÇÃO

Todos os quatro empossados para o cargo de analista de informática do TCE têm suas formações acadêmicas em instituições de ensino de Rondônia e experiência no serviço público. Danilo Botelho Lima é formado em Sistemas de Informação pelas Faculdades Associadas de Ariquemes (Faar) e atuava no Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC).

Formado em Processamento de Dados pela Faculdade de Ciências Administrativas e de Tecnologia de Rondônia (Fatec), Álvaro de Oliveira Bernardi já trabalhou na Prefeitura de Porto Velho enquanto Marcelo Silva Pamplona é bacharel em Informática pela Universidade Federal de Rondônia (Unir), instituição na qual também trabalhava até ser empossado no TCE.

Por sua vez, Marlon Brando Araujo, que é formado em Sistemas de Informação pela Faar, trabalhou na Prefeitura de Ariquemes e no Serviço Nacional da Indústria (Senai). Os recém-empossados participaram de uma atividade de ambientação, na qual puderam saber um pouco mais sobre as atividades e práticas da Corte.

Fizeram ainda uma visitação às dependências da instituição, antes de iniciarem um curso de formação com duração de duas semanas, ministrada no laboratório de informática do Tribunal. Essa capacitação visa, entre outros objetivos, possibilitar aos novos servidores acesso aos sistemas utilizados no TCE, conciliando, assim, as explicações teóricas com a atividade prática, facilitando a adaptação às rotinas da Corte.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar