Notícias

Rumo ao PCCR, TCE e FDC realizam ação de redimensionamento da força de trabalho

Dentro das ações do projeto Gestão de Pessoas por Competências (GPC), realizado pelo Tribunal de Contas (TCE) com o auxílio da Fundação Dom Cabral (FDC), foi aberta na última quarta-feira (1º), estendendo-se até o mês de março, a etapa de redimensionamento da força de trabalho.

Ainda neste primeiro semestre serão realizadas as ações da etapa de redesenho da estrutura organizacional, que, juntamente com o redimensionamento da força de trabalho, são fases consideradas essenciais ao aperfeiçoamento da gestão e à elaboração da revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR).

Relativamente ao redimensionamento da força de trabalho, as atividades presenciais serão executadas ao longo dos próximos dois meses, com a participação de servidores da Corte e de profissionais da FDC. Nessa etapa, de modo piloto, as atividades serão aplicadas em duas unidades da Secretaria Geral de Controle Externo: as Diretorias I e de Projetos e Obras.

A metodologia empregada pela FDC diferencia-se das demais utilizadas tradicionalmente no mundo corporativo, uma vez que se fundamenta no conceito de “fazer com”, ao invés do “fazer para”, que não agrega expertise ao órgão.

OFICINAS

As oficinas de redimensionamento estão sendo ministradas pela professora Sandra Klosovski, sendo que, na abertura, houve a participação do conselheiro presidente Edilson de Sousa, do secretário-geral de Controle Externo, José Luiz, e do coordenador da GPC, Paulo Lacerda.

Conselheiro presidente Edilson de Sousa citou benefícios já obtidos pela Corte com a implantação da Gestão de Pessoas por Competências
Conselheiro presidente Edilson de Sousa citou benefícios já obtidos pela Corte com a implantação da Gestão de Pessoas por Competências

Em sua mensagem aos participantes da capacitação, o conselheiro Edilson falou do empenho da alta direção em promover um ambiente de trabalho diferenciado aos servidores, citando, entre outras ações, o próprio desenvolvimento do projeto Gestão de Pessoas por Competências, a participação no programa de gestão avançada Amana-Key e a realização do Programa de Aposentadoria Incentiva (PAI).

Quanto ao projeto GPC, destacou a importância das orientações e apoio que está sendo dado pela Fundação Dom Cabral para o alcance dos objetivos traçados pelo TCE, enfatizando também a necessidade da continuidade da participação assídua e interessada de todos os servidores do TCE, a fim de que mais esse avanço seja conquistado no âmbito da Corte de Contas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar