Notícias

Servidores receberão nesta quarta-feira orientações sobre exercício de evacuação do prédio do TCE

Em sintonia com o Plano de Segurança Institucional (PSI) e o Plano de Emergência de Combate a Incêndios e Atuação em Sinistros do Tribunal de Contas (TCE-RO), estão sendo realizadas, ao longo desta semana, atividades com foco no exercício simulado para evacuação do prédio da Corte, em situações emergenciais, causadas por incêndio ou outras possíveis ameaças.

O tenente-coronel Abreu repassa orientações aos brigadistas que prestarão apoio durante o exercício de abandono do prédio do TCE
O tenente-coronel Abreu repassa orientações aos brigadistas que prestarão apoio durante o exercício de abandono do prédio do TCE

Nessa segunda-feira (3) houve o repasse de orientações aos integrantes da Brigada de Incêndio e Emergência do TCE. Já nesta quarta-feira (5), o trabalho será feito junto aos servidores no auditório, reservando-se, para tanto, dois horários: das 9h às 10h para os que trabalham do 4º ao 8º andar e das 10h30 às 11h30 para os servidores que trabalham no térreo até o 3º andar.

O exercício de simulação será feito na próxima sexta-feira (7), em horário ainda a ser definido entre a coordenação da atividade (Brigada de Incêndio), a Alta Direção da Corte e órgãos externos que também estarão envolvidos, a exemplo do Corpo de Bombeiros, Companhia Independente de Policiamento Trânsito da Polícia Militar, Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran).

OBJETIVO

De acordo com o coordenador do trabalho, o chefe da Assessoria de Segurança Institucional do TCE, tenente-coronel José Itamir de Abreu, o objetivo do exercício simulado de evacuação dos prédios é de que os usuários conheçam os procedimentos que deverão ser adotados no caso de uma emergência.

“O exercício de evacuação visa melhorar o nível de segurança de todos que trabalham ou utilizam o prédio do Tribunal, mediante a certeza de que é possível abandonar o prédio, de modo organizado e rápido”, explicou o tenente-coronel Abreu.

No exercício, estarão sendo treinados, entre outros procedimentos: sair do prédio pela escada de emergência em fila única, caminhar rápido, não correr, manter silêncio e, ao chegar no térreo, procurar o ponto de reunião (em frente ao acesso principal do Teatro Estadual), a fim de conferir a presença dos integrantes do andar. A necessidade dessa conduta é explicada no decorrer do exercício.

Esses trabalhos contarão com o apoio de uma equipe de 30 brigadistas do próprio Tribunal, os quais foram devidamente capacitados para atuar em situações como a que será verificada na próxima sexta-feira.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar