Notícias

Transição na coordenação do Profaz é enfocada durante 1º Encontro Técnico em Vilhena

O processo de transição na coordenação do Programa de Modernização e Governança das Fazendas Municipais e do Desenvolvimento Econômico-Sustentável dos Municípios Rondonienses (Profaz) foi enfocado durante o 1º Encontro Técnico, uma realização do Tribunal de Contas (TCE-RO), por meio da Escola Superior de Contas, que ocorre até esta sexta-feira (6), em Vilhena.

A ação foi explanada durante os trabalhos da mesa técnica, composta pelo conselheiro-substituto Francisco Júnior, em substituição ao coordenador geral do Profaz, conselheiro Benedito Antônio Alves, pelo auditor de controle externo Marc Uiliam Ereira Reis, que assumiu como novo diretor de controle e coordenador executivo do programa, em substituição ao também auditor de controle externo Bruno Botelho Piana, integrante da mesa e que, no início deste ano, assumiu a titularidade da Secretaria-Geral de Controle Externo (SGCE) do TCE.

A equipe técnica do programa ainda conta com o auditor de controle externo Rubens Miranda, que assumiu como sub-diretor, além de profissionais de instituições parceiras, a exemplo da Secretaria de Estado de Finanças (Sefin), Receita Municipal, Universidade Federal de Rondônia (Unir).

Na oportunidade, foram destacados os resultados já obtidos pelos municípios no exercício anterior, com a implantação do Profaz, além de explicados os próximos passos, incluindo as capacitações, por meio de grupos técnicos (GTs) e oficinas temáticas que ocorrem este ano, iniciando-se por Vilhena, onde as atividades acontecem nas dependências da Unesc.

O Profaz, instituído por meio da Lei nº 4.222, de 18 de dezembro de 2017, busca, primordialmente, a melhoria da arrecadação própria dos municípios, a fim de que estes se tornem menos dependentes de recursos repassados pelo Estado ou pela União.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar