intranet

Devido à instalação de novos elevadores, setores a partir do 4º andar do edifício-sede poderão optar por horário diferenciado

Foi publicada na quinta-feira (19) a Portaria nº 39/2018, que autoriza a adoção de horário de expediente diferenciado, em regime temporário, para unidades instaladas a partir do quarto andar do edifício-sede, em razão dos trabalhos de desmontagem, instalação e pré-operação dos dois novos elevadores que serão instalados naquela edificação.

O horário diferenciado se iniciará a partir desta quarta-feira (25), estendendo-se pelos próximos seis meses. Nesse período estará sendo utilizado apenas um dos elevadores, cujo funcionamento terá uso preferencial para usuários (internos e externos) do quarto ao oitavo andares e, em qualquer caso, para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Servidores dos demais andares (térreo, primeiro/sobreloja, segundo e terceiro) poderão utilizar, além das escadas, o elevador do prédio-anexo.

HORÁRIOS

Ainda sobre o horário diferenciado, caberá a cada gestor de unidade fazer acordo individual de horário de expediente com o servidor, preservando-se a observância da jornada regulamentar de seis horas diárias. Para tanto, foram estabelecidas quatro opções de horários, a saber: 7h às 13h; 8h30 às 14h30; 9h às 12h e 13h às 16h; e 9h às 12h e 14h às 17h.

A formalização da opção do horário se dará por meio de formulário disponibilizado no Portal do Servidor (acesse aqui), com assinaturas do servidor e da chefia imediata.

CATRACAS

Outra novidade é que, também a partir do dia 25/4, voltará a ser obrigatório o registro de entrada e saída por meio das catracas instaladas no “hall” de entrada do prédio-anexo, cujas obras de reforma e pintura, além da nova decoração, estão em fase final de acabamento.

Além de atender o objetivo administrativo da Corte relativamente à conservação de seu patrimônio físico, os serviços realizados no local representam um esforço da instituição na busca de um ambiente organizacional mais saudável e confortável não apenas para seus agentes públicos e colaboradores, mas também para a própria população e os jurisdicionados que constantemente frequentam as dependências do Tribunal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Skip to content