Sem categoria

TCE-RO assina convênio do Promoex

O convênio do Programa de Modernização do Sistema de Controle Externo dos Tribunais de Contas (Promoex) teve seu projeto conclusivo assinado no último dia três junto ao Ministério do Planejamento. O objetivo desta parceria é o fortalecimento do controle externo por meio de capacitação e aprimoramento tecnológico de todos os Tribunais de Contas do Brasil, que visa dar mais transparência dos trabalhos realizados em resposta à sociedade. O Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO) foi um dos 26 Tribunais, de um total de 33, que teve os projetos aprovados durante a reunião do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que ocorreu em Belo Horizonte, com a participação de diversas autoridades brasileiras e de outros países.

Cada Tribunal constituiu sua Unidade de Execução Local (UEL). Em Rondônia, essa UEL é formada pelos servidores Adão Franco (coordenador geral), que, juntamente com o presidente da Corte, Conselheiro José Euler Potyguara Pereira de Mello, esteve na capital mineira, Ivaldo Ferreira Viana (coordenador administrativo e financeiro) e Manoel Fernandes Neto (coordenador técnico).

De acordo com Manoel Neto, o programa terá recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento e beneficiará diretamente os 33 Tribunais de Contas e indiretamente, 5568 municípios brasileiros.

Para Adão Franco, com a qualificação dos servidores o trabalho de fiscalização junto aos jurisdicionados ganhará em qualidade.

Outro ponto importante do convênio é a interligação em rede entre todos os Tribunais de Contas do Brasil, para criar uma homogeneidade nas informações das decisões promovidas nas sessões das câmaras e plenos.

Também estão previstos treinamentos aos jurisdicionados com objetivo de dar orientação da aplicação dos recursos públicos dentro dos parâmetros da Lei de Responsabilidade Fiscal e Leis de Licitações e a forma de apresentação baseadas nas resoluções e instruções normativas do Tribunal de Contas.

A execução do projeto terá duração de três anos, com possibilidade de ampliação de mais três anos, para eventuais ajustes no aprimoramento de todas as etapas da primeira fase.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar