Sem categoria

Presidente do TCE quer mais diálogo com a sociedade

Ao abrir a sessão do Pleno do Tribunal de Contas do Estado nesta quinta-feira, seu presidente, conselheiro José Gomes de Melo, leu para os demais membros o artigo intitulado “Pior sem eles…”, assinado pelo conselheiro Victor Faccioni, presidente da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil, e publicado no jornal Zero Hora (RS) deste dia 10, sobre a importância dos TCs.

Para o conselheiro José Gomes, a posição assumida pelo presidente da Atricon reflete o pensamento geral dos membros dos Tribunais de Contas do país, sempre na busca da modernidade e melhor prestação de serviços à sociedade, “mas que, para isso, temos necessidade também de legislações que nos dêem mais condições de ação dentro das nossas atribuições”.

O presidente do TCE-RO destacou partes do artigo do conselheiro Victor Faccioni, “como quando ele cita que os TCs vêm buscando se modernizar, procurando maior diálogo com a população, orientando os jurisdicionados e tomando outras providências sempre buscando cumprir suas missões”.

Outro fato citado pelo presidente da Atricon, também foi ressaltado pelo conselheiro José Gomes: “Quando ele enfatiza a necessidade de mudanças na legislação, de modo a que as decisões dos Tribunais de Contas tenham maior alcance”, e destacou, ainda, a busca constante, dos TCs, da qualificação de seu capital humano e dos meios tecnológicos, para o combate à corrupção e ao mau uso da coisa pública”.

O presidente do TCE-Ro encerrou lembrando que a Atricon e o Instituto Rui Barbosa estão sempre buscando a melhor eficiência, mas abrindo espaço constante para o diálogo e para o debate com a sociedade.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar