Sem categoria

TCE sediará Fórum de Governadores da Amazônia Legal

O presidente do Tribunal de Contas de Rondônia, conselheiro José Gomes de Melo, recebeu, em seu gabinete, nesta quarta-feira, 3, a visita do secretário de Estado de Planejamento e Coordenação Geral, João Carlos Ribeiro, para tratar de assuntos relativos à realização do 7º Fórum de Governadores da Amazônia Legal, previsto para os dias 11 e 12 de março, no hall de entrada do prédio-anexo do TCE.

Acompanhado da chefe de Gabinete da Secretaria de Planejamento (Seplan), Luciana Caldeira, e da assessora Joyce Moreira, o secretário João Carlos informou ao presidente José Gomes como funcionará a programação do evento, que é realizado pela primeira vez em Rondônia.

“No dia 11, haverá reuniões preparatórias com os secretários estaduais de Planejamento e Desenvolvimento dos nove estados que compõem a Amazônia Legal. Já no dia 12 teremos o encontro dos nove governadores, além de cinco vices, que vão assumir o governo do Estado em abril, em virtude da candidatura dos titulares a cargos eletivos”, explicou.

Depois de ouvir atentamente as explicações do titular da Seplan, o conselheiro-presidente disse que o TCE recebe com muita satisfação o Fórum de Governadores da Amazônia Legal. “É uma honra para nossa instituição, pois sabemos da importância do Fórum para nossa região e de seus reflexos, principalmente, quanto à questão da integração regional”, comentou.

FÓRUM

Realizado pela sétima vez, o Fórum de Governadores da Amazônia Legal vai reunir os chefes de Executivo dos estados Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

O encontro tem como objetivo definir mecanismos de cooperação regional, nacional e internacional que contemplem o fortalecimento da política de desenvolvimento sustentável, com ações como a remuneração por serviços ambientais, investimentos em educação, saúde, energia e transporte e produção de conhecimento.

Além de nortear ações para os estados componentes da Amazônia Legal, o Fórum vai resultar, ainda, na Carta de Porto Velho, um documento que será elaborado e assinado pelos governadores e lido ao final do evento, relatando os acordos firmados e as reivindicações apresentadas durante o encontro.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar