Sem categoria

Programa do TCE moderniza e reduz custos

Um ano depois de implantado, o programa eletrônico “Sistema Integrado de Gestão e Auditoria Pública” (Sigap), do Tribunal de Contas do Estado, apresenta resultados positivos, tanto em termos de custos quanto de operacionalidade.

Pelo Sigap os gestores municipais enviam suas prestações de contas mensal, determinada pela Lei. Acessado através do site do Tribunal (www.tce.ro.gov.br), o “menu” Sigap oferece os seguintes itens: Projeção de Despesas, Dowland de Arquivos, Contato, Destaque, Tira Dúvida, Recibo e autoriza Baixar o Framework.

Elaborado pelas secretarias de Informática, Controle Externo e de Planejamento, para que o Sigap fosse implementado o Tribunal promoveu reuniões técnicas com representantes dos jurisdicionados, visando explicar e tirar dúvidas sobre o manuseio da nova ferramenta.

O Sigap objetiva aproveitar e impulsionar o uso da tecnologia de informática, adequando-a as necessidades do trabalho de auditoria, para análise dos balancetes mensais que os jurisdicionados devem enviar ao TCE e que, até o ano passado, eram enviados impressos, obrigando o município a despender recursos com diárias de servidores, deslocamento de veículos e tempo para a condução.

Para o TCE o Sigap representa economia: Vindo por forma eletrônica, o balancete não ocupa espaço na Divisão de Expediente, onde os pacotes eram recebidos, armazenados, classificados numericamente, carimbados e, então, conduzidos para a Secretaria de Controle Externo, onde outra vez ocupava espaço e causava mais dificuldades para a análise. Atualmente todo esse percurso é feito de forma eletrônica, com menos custos, mais agilidade e reduzindo até a poluição.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar