Sem categoria

TCE recomenda melhorias na área de educação em Porto Velho

Durante sessão do pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RO), realizada nesta quinta-feira (16), foi apreciado o processo que tratou da auditoria operacional piloto desenvolvida na área de educação do município de Porto Velho. O processo foi relatado pelo conselheiro Edílson de Sousa Silva, que recomendou melhorias no programa de capacitação de professores do Ensino Fundamental, que foi alvo do trabalho feito por técnicos do TCE.

Conforme voto proferido pelo relator e acompanhado por todos os conselheiros, a secretaria tem 60 dias para traçar um cronograma para implementar medidas de melhoria relacionadas ao programa de cursos de formação de professores, levando em consideração os recursos materiais e humanos. A partir daí, haverá o monitoramento por parte da equipe do TCE-RO na implementação das recomendações.

De acordo com o coordenador da auditoria, Omar Pires Dias, este trabalho é um projeto do Programa de Modernização do Controle Externo (Promoex), que foi desenvolvido em todo o País e supervisionado pelo Tribunal de Contas da União. Trabalharam ainda nesta auditoria, os técnicos de Controle Externo, Fátima Rezek, Aluísio Sol Sol e Flavio Sgarbi.

Omar Dias explicou, ainda, que essa atividade trouxe vários benefícios para a área de auditoria. Entre eles, a melhoria do método de coleta de informações, no qual, a partir de agora, serão utilizados critérios mais técnicos e de cunho científico. Ele explicou ainda que esta auditoria na educação foi tão bem aceita, que o Promoex já confirmou esse trabalho para a saúde, ainda este ano. Neste caso, a equipe atual vai repassar os conhecimentos adquiridos neste trabalho piloto para fazer o acompanhamento e supervisão da auditoria.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar