Sem categoria

Corregedor do TCE-TO conhece sistema de correição do TCE de Rondônia

O corregedor do Tribunal de Contas de Tocantins (TCE-TO), conselheiro Manoel Pires dos Santos, conheceu, ontem (16), os procedimentos adotados pela Corregedoria do TCE de Rondônia, especialmente em relação às práticas de Correição, Sindicâncias e Processos Administrativos Disciplinares (PAD).

Recepcionado pelo corregedor da Corte rondoniense, conselheiro José Euler Potyguara Pereira de Mello, o conselheiro visitante, acompanhado da assessora da Corregedoria da Corte tocantinense, Juscilene Guedes, participou, pela manhã, de uma exposição das atividades da Corregedoria do TCE-RO.

Corregedor do TCE-TO pelo segundo mandato consecutivo – o primeiro foi em 2009/2010, sendo reeleito para 2011/12 -, o conselheiro Manoel Pires explicou que a visita técnica visa colher mais informações sobre a experiência do TCE de Rondônia em relação às ações realizadas em sua Corregedoria.

“Pesquisamos e vimos que, entre os Tribunais de Contas do Brasil, e principalmente no que diz respeito ao sistema de correições, o Tribunal de Contas de Rondônia é a instituição mais avançada e com resultados efetivos”, declarou.

De acordo com o magistrado de Contas, a ideia é implantar na Corregedoria da Corte tocantinense os experimentos exitosos observados no TCE de Rondônia. “Nossa Corregedoria foi criada há bastante tempo e estamos em um processo de reestruturação do trabalho, a fim de otimizá-lo”, afirma.

Já o corregedor anfitrião, conselheiro José Euler, lembrou que o intercâmbio de informações e experiências, visando à unificação dos procedimentos nos TCs do Brasil, foi um dos assuntos abordados durante o 10º Encontro do Colégio de Corregedores e Ouvidores dos Tribunais de Contas (Eccor), realizado no início deste mês, em Cuiabá (Mato Grosso): “Esse esforço conjunto é muito importante para a melhoria e a própria integração dos Tribunais.”

Durante a apresentação, a equipe da Corregedoria mostrou aos visitantes os métodos de correição utilizados no âmbito do TCE. Segundo Sônia Dantas Montenegro, chefe de Gabinete da Corregedoria do TCE-RO, foram apresentados procedimentos já utilizados e até outros que estão sendo implementados na Corte.

“É o caso da gestão de processos, que estamos realizando pela primeira vez este ano no nosso Tribunal. Esse procedimento visa avaliar os trâmites processuais, averiguando o tempo de permanência de análise dos processos, a regularidade e a efetividade dos trabalhos efetuados no âmbito do Tribunal de Contas, a fim de contribuir para a melhoria desempenho e alcance das metas institucionais”, explicou.

PRESIDENTE

Ainda no dia de ontem, o conselheiro corregedor Manoel Pires também foi recebido pelo presidente do TCE-RO, conselheiro José Gomes de Melo, o qual colocou a Corte à disposição do visitante para a obtenção de outras informações que considerar necessárias.

Na oportunidade, o presidente José Gomes relembrou a relação amistosa que o Tribunal tem estabelecido com as demais Cortes de Contas do País, em especial com a de Tocantins, relembrando o fato de o presidente daquela Corte, conselheiro Severiano Costandrade, ter participado, em maio, da inauguração da segunda Secretaria Regional do TCE, em Cacoal.

Nesta sexta-feira (17), último dia da visita técnica, as servidoras da Corregedoria realizarão um trabalho prático, demonstrando, tanto para o conselheiro corregedor quanto para a assessora da Corregedoria do TCE de Tocantins, ações que têm resultado na melhoria do desempenho e, sobretudo, no aperfeiçoamento dos métodos de trabalho da instituição.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar