Sem categoria

Novo auditor toma posse em sessão especial do TCE

Em sessão especial do Pleno, o Tribunal de Contas do Estado empossou, nesta segunda-feira (5), Erivan Oliveira da Silva no cargo de auditor substituto de conselheiro. Autoridades civis e militares, além de familiares do empossado e servidores do TCE prestigiaram o ato, realizado no auditório da Corte.

Os trabalhos foram abertos pelo presidente do TCE, conselheiro José Gomes, destacando a aprovação do auditor em concurso tão concorrido como o realizado pela Corte em 2010. Coube aos auditores Davi Dantas e Omar Dias fazerem a recepção ao empossando, Erivan Oliveira.

Na sequência, o secretário-geral das Sessões, Hermes Redana Nascimento, leu o termo de posse, que foi assinado pelo presidente José Gomes e pelo novo auditor, que também fez o juramento de posse no cargo. O rito solene teve continuidade com o conselheiro Valdivino Crispim, oriundo do quadro de auditores, colocando em Erivan as vestes talares, traje oficial para a ocasião.

Saudando o novo empossado, em nome do quadro de auditores do TCE, o auditor Francisco Júnior Ferreira da Silva destacou os deveres e a importância do cargo, além do clima organizacional que espera o novo auditor. “O Tribunal de Contas tem um excelente ambiente para trabalhar, pois conta com servidores dedicados, um Ministério Público de Contas atuante e inovador e um Colegiado vanguardista, além de altamente capacitado”, disse.

Dando continuidade ao ato, o conselheiro Crispim fez, em nome da Corte, a saudação ao recém-empossado. Comungando com a opinião de Francisco Júnior, Crispim falou do destaque alcançado pelo TCE de Rondônia, atribuindo esse fato ao empenho e capacidade de todos os seus membros e servidores.

“Esta instituição que ora recebe seu novo auditor Erivan Oliveira é, por assim dizer, um caldeirão efervescente de ideias, interpretações e conhecimentos, no qual, por meio de seu Colegiado e do seu quadro de servidores, tem alcançado relevo entre as instituições deste Estado, que embora novo, já é pujante em nossa federação”, acentuou.

EMOÇÃO

Visivelmente emocionado, o auditor Erivan Oliveira abriu sua fala agradecendo aos familiares pelo apoio para que conseguisse alcançar o êxito em sua carreira profissional, que era assumir como auditor do TCE rondoniense. “Agradeço especialmente ao meu pai, um exemplo para mim, meus irmãos, minha esposa Edielma e meu filho Daniel”, citou.

Como novo integrante do quadro de auditores do TCE, Erivan se disse preparado para as responsabilidades que o esperam. “Isso não me desanima. Ao contrário, me encoraja para continuar minha trajetória nessa respeitável instituição, que é o Tribunal de Contas de Rondônia”, disse.

Nascido em Rio Branco, no Acre, o novo auditor tem 39 anos, sendo quase 16 de exercício profissional no Tribunal Regional Eleitoral naquele estado, no qual exercia o cargo de analista judiciário contador. É formado em Ciências Contábeis pelas Faculdades Integradas de Rio Branco (Firb) e em Direito pela Federal do Acre (Ufac), tendo ainda especialização em Direito Tributário e Direito do Estado.

O cargo de auditor, no qual Erivan tomou posse nesta segunda-feira, tem previsão constitucional. Os auditores devem ser aprovados em concurso público de provas e títulos, entre bacharéis em Direito, ou Economia, ou Administração ou Contabilidade. Cabe ao auditor substituir os conselheiros nas férias, licenças e afastamentos legais, bem como em suas faltas e impedimentos. Eles ainda têm assento obrigatório nas Câmaras do Tribunal.

A solenidade foi encerrada com apresentação do coral “Cantos de Rondônia”, que é composto por servidores do TCE. Além de cantarem o Hino de Rondônia, os coralistas interpretaram outras duas músicas: “A Estrada”, da banda Cidade Negra, e “Maracangalha”, de Dorival Caymmi.

A mesa de trabalhos da sessão especial contou com os conselheiros José Gomes, Edílson de Sousa, Valdivino Crispim, Francisco Carvalho, Paulo Curi e Wilber Coimbra, a procuradora-geral do Ministério Público de Contas, Érika Saldanha, e os auditores Davi Dantas, Omar Dias e Francisco Júnior.

Tiveram assento à mesa também o presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado Hermínio Coelho; o secretário-chefe da Casa Civil, Ricardo de Sá, representando o governador do Estado; o procurador-geral da Justiça, Cláudio José de Barros; e o defensor público Antônio Coimbra.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar