Sem categoria

Escon/TCE fecha cinco primeiros meses de 2013 com mais de 3 mil capacitados

A Escola Superior de Contas (Escon), vinculada ao Tribunal de Contas (TCE-RO), divulgou balanço do seu programa de capacitação em 2013, referente às ações realizadas de janeiro até este mês, registrando um total de 17 eventos executados, entre cursos, palestras e seminários, beneficiando diretamente 3.124 agentes públicos e integrantes da sociedade.

Esses números, segundo o diretor geral da Escon, Raimundo Oliveira Filho, demonstram a vocação do Escon/TCE para ações de cunho pedagógico e sua disposição em aprimorar e qualificar seus servidores, além de direcionar suas atenções também às necessidades dos órgãos públicos de Rondônia, capacitando servidores de prefeituras, câmaras, secretarias e fundações de todo o Estado, melhorando, assim, o nível dos serviços prestados à população.

“Dentro de seu aspecto estritamente pedagógico, a Escola Superior de Contas exerce um papel relevante não somente junto aos servidores do TCE, no sentido de prepará-los para o cumprimento de suas tarefas no âmbito da Corte, como também para os jurisdicionados, no sentido de orientá-los e promover o conhecimento e sua atualização”, ressalta o diretor da Escon.

Nesse sentido, apenas nos cinco primeiros meses de 2013 o TCE/Escon contabilizou a realização de nove cursos – cinco destinados exclusivamente para o público interno e quatro para o externo –, além de dois seminários e uma palestra, estes voltados apenas para os jurisdicionados.

Em todos os eventos, foram abordados assuntos diretamente ligados à área afeta ao TCE ou de seu interesse, como licitação, gestão fiscal, análise de processos, aposentadoria, pensão, orçamento, entre outros. Boa parte dessas ações pedagógicas teve como instrutores membros ou servidores do próprio TCE, demonstrando o grau de excelência dos quadros da Corte de Contas.

CORTE DE CONTAS

Outra ação desenvolvida pela Escon contemplou diretamente a classe estudantil, setor importante da sociedade rondoniense. Mais de 2 mil alunos do ensino médio e fundamental participaram do Corte de Contas Cidadã, projeto que busca trabalhar o conceito de cidadania entre jovens e adultos e consiste na realização de palestras em escolas da rede pública de ensino, como forma de disseminar o controle social.

Além de ser realizado em municípios do interior, como Vilhena, Cacoal e Ariquemes, o Corte de Contas também integrou o programa Justiça Itinerante, ação do Poder Judiciário que busca atender moradores em localidades de difícil acesso no Estado de Rondônia.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar