Sem categoria

TCE apresenta resultados de auditoria operacional a gestores da Seduc

O Tribunal de Contas (TCE), por meio da comissão composta para realizar auditoria operacional na área de educação, fez na última sexta-feira (8) uma apresentação para gestores da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) sobre a Matriz de Achados, considerada a etapa final antes da produção do relatório sobre o trabalho fiscalizatório.

A auditoria operacional faz parte de um acordo assinado nacionalmente entre os Tribunais de Contas e tem como objetivo identificar os principais problemas que afetam a qualidade e a cobertura do ensino médio nos estados brasileiros, bem como avaliar as ações governamentais para resolver essas questões.

Na explanação feita aos gestores da Seduc, o presidente da comissão de auditoria, conselheiro substituto Omar Pires Dias, explicou como o trabalho se desenvolveu até chegar à Matriz de Achados, explicando as fases anteriores, envolvendo planejamento e coleta de dados, com visitação a um total de 24 escolas de todo o Estado e aplicação de questionários à comunidade escolar.

Omar ainda informou que, após sua formatação pelos integrantes da comissão de auditoria, a Matriz de Achados comporá o relatório que será encaminhado ao conselheiro relator das contas da Seduc, para análise e apreciação da matéria e consequentemente apresentação de um plano de ação visando à implementação das medidas corretivas por parte daquela secretaria.

O relatório será enviado ainda para o Tribunal de Contas da União (TCU), à Atricon e ao Instituto Rui Barbosa, já que a auditoria operacional que avalia o ensino médio das escolas públicas integra um esforço nacional, firmado por meio um termo de cooperação entre os TCs com essas instituições.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Skip to content