Sem categoria

TCE apresenta resultados de auditoria operacional a gestores da Seduc

O Tribunal de Contas (TCE), por meio da comissão composta para realizar auditoria operacional na área de educação, fez na última sexta-feira (8) uma apresentação para gestores da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) sobre a Matriz de Achados, considerada a etapa final antes da produção do relatório sobre o trabalho fiscalizatório.

A auditoria operacional faz parte de um acordo assinado nacionalmente entre os Tribunais de Contas e tem como objetivo identificar os principais problemas que afetam a qualidade e a cobertura do ensino médio nos estados brasileiros, bem como avaliar as ações governamentais para resolver essas questões.

Na explanação feita aos gestores da Seduc, o presidente da comissão de auditoria, conselheiro substituto Omar Pires Dias, explicou como o trabalho se desenvolveu até chegar à Matriz de Achados, explicando as fases anteriores, envolvendo planejamento e coleta de dados, com visitação a um total de 24 escolas de todo o Estado e aplicação de questionários à comunidade escolar.

Omar ainda informou que, após sua formatação pelos integrantes da comissão de auditoria, a Matriz de Achados comporá o relatório que será encaminhado ao conselheiro relator das contas da Seduc, para análise e apreciação da matéria e consequentemente apresentação de um plano de ação visando à implementação das medidas corretivas por parte daquela secretaria.

O relatório será enviado ainda para o Tribunal de Contas da União (TCU), à Atricon e ao Instituto Rui Barbosa, já que a auditoria operacional que avalia o ensino médio das escolas públicas integra um esforço nacional, firmado por meio um termo de cooperação entre os TCs com essas instituições.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar