Notícias

TCE/Escon realiza curso de Libras para servidores da Corte e do MP

Com o propósito de permitir melhor comunicação no atendimento às pessoas portadoras de necessidades especiais, especialmente com deficiência auditiva (surdos), contribuindo para promover a acessibilidade e a inserção social, está sendo realizada, na sede do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RO), capacitação coordenada pela Escola Superior de Contas (Escon), sobre a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

O curso, que teve a presença de servidores do TCE e do Ministério Público estadual (MP), foi aberto na última segunda-feira (14), estendendo-se até o próximo dia 25, totalizando 40 horas-aula. Os conhecimentos são repassados pelos instrutores Fernanda Silveira (ouvinte) e Emerson Lucas (surdo), que integram o quadro de docentes do Serviço Nacional da Indústria em Rondônia (Senai-RO).

Fernanda Silveira, que também é intérprete, enfatizou a importância de instituições públicas, como o TCE e o MP, estarem preocupadas com temáticas relativas às pessoas portadoras de necessidades especiais, fortalecendo o conceito de inclusão social e preparando seus servidores para atender todas as camadas da sociedade.

Os instrutores explicaram ainda que o curso tem duas etapas distintas: inicialmente os participantes receberam esclarecimentos sobre a surdez e o atendimento ao surdo. Posteriormente foram abordados os fundamentos da comunicação por sinais, incluindo gramática básica, alfabeto, números, dados pessoais, entre outros.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar