Notícias

Rumo ao ponto eletrônico, catracas na portaria passam a registrar frequência individual

Visando criar mecanismos para a implantação do Programa de Jornada de Trabalho Flexível, aprovado por meio da Resolução nº 191/2015, e do futuro Banco de Horas do Tribunal de Contas (TCE-RO), as catracas eletrônicas instaladas na portaria do Tribunal estarão sendo utilizadas, a partir da próxima segunda-feira (1º), para subsidiar relatório mensal individual de frequência dos servidores, visando o acompanhamento, de modo moderno e sistemático, desses registros, em obediência ao princípio da eficiência e efetividade administrativa.

Desde fevereiro de 2014, quando foram instaladas, em fase experimental, as catracas e adquirido o sistema de controle, o Tribunal teve o cuidado de realizar testes e relatórios sistematicamente, visando garantir maior segurança nos registros pessoais de entrada e saída, inclusive dos seus servidores.

Agora, encerrada a fase de testes, o sistema de catracas passa a ser utilizado na Corte, podendo, por meio dessa ferramenta, extrair informações individuais detalhadas e com exatidão sobre a hora de entrada e de saída, bem como o tempo de permanência nas dependências do Tribunal.

Também é importante informar que, neste primeiro momento, não será invalidado o ponto individual de frequência, que deve continuar sendo assinado por todos os servidores.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar