Notícias

Jurisdicionados do Cone Sul recebem orientações sobre método Coso em curso realizado pela Escon/TCE-RO

O método Coso – que explora como áreas de interesse governança corporativa, ética, controles internos, gestão de riscos corporativos, fraudes e relatórios financeiros – é uma das temáticas abordadas no curso Controles Internos, Riscos e Governança no Setor Público, ofertado a servidores de órgãos jurisdicionados do Tribunal de Contas (TCE-RO), dentro da programação de capacitação da Escola Superior de Contas (Escon).

A capacitação, cuja abertura ocorreu nessa quarta-feira (27), no auditório da Secretaria Geral de Controle Externo do TCE em Vilhena, é ministrada pelos instrutores Ismar Barbosa Cruz e Edison Franklin Almeida, ambos auditores de controle externo do Tribunal de Contas da União (TCU).

Sobre o modelo Coso, Ismar Barbosa, a quem coube ministrar as primeiras 12 horas-aula do curso, lembrou que o método foi criado em 1985 nos Estados Unidos pela Comissão Nacional sobre Relatórios Financeiros Fraudulentos, também conhecida como “Treadway Comission”. “O objetivo era de identificar fatores que permitem a produção de relatórios fraudulentos e também recomendar medidas para a redução de sua incidência”, explicou o instrutor.

Em 2004, o modelo passou uma nova formulação, mantendo-se ainda a versão original do Coso, focando-se na estrutura de gestão de riscos, incluindo procedimentos organizacionais relevantes, como avaliação de ambiente interno, fixação de objetivos, identificação de eventos, avaliação de riscos, resposta ao risco, atividades de controle, informação e comunicação e monitoramento.

CONTEÚDO

Ainda dentro do conteúdo programático do curso, são repassadas orientações sobre o processo de gestão de riscos proposto na ISO 31000, visando despertar uma reflexão sobre caminhos alternativos para implantação de gestão de riscos nos órgãos, conhecendo e identificando situações de possível utilização de diversos formatos de ações de controle baseados em risco.

Além dos jurisdicionados do Cone Sul, o curso Controles Internos, Riscos e Governança no Setor Público foi ministrado em Cacoal, cujo encerramento ocorreu nessa quarta-feira. Nas duas etapas, os participantes receberão certificados expedidos pela Escola Superior de Contas do TCE-RO.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar