Notícias

Boas práticas no desenvolvimento de soluções tecnológicas no TCU são repassadas a servidores do TCE-RO

As boas práticas adotadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) no desenvolvimento de soluções de tecnologia da informação (TCI) foram assunto da palestra ministrada para servidores do Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO), nessa quinta-feira (10), no auditório da Corte de Contas estadual.

O evento foi aberto pelo secretário-geral de controle externo do TCE-RO, Bruno Piana, que, ao apresentar o palestrante, o auditor federal de controle externo Alison Aparecido Martins de Souza, citou a importância do intercâmbio de informações entre as instituições que integram o sistema de controle externo nacional. “Ao mesmo passo que fortalece nossas instituições, aprimora a fiscalização dos recursos públicos”, disse.

Já Alison Souza, que, entre outros trabalhos, atuou na equipe de implantação de sistemas eletrônicos importantes no TCU, como o e-Contas e o e-TCU, iniciou sua apresentação abordando algumas das conquistas da Corte de Contas federal com a implantação de soluções tecnológicas.

Segundo ele, há atualmente a necessidade de se aprimorar sempre o uso da tecnologia da informação como instrumento de inovação para o controle. E que, pela experiência do TCU, os benefícios superam, em muito, possíveis dificuldades na implantação de sistemas.

Alison Souza destacou também resultados obtidos como a redução do tempo de tramitações e de custos. “O processo eletrônico simplifica procedimentos, gera agilidade e reduz trabalho, sobretudo administrativo”, disse. Ressaltou ainda que o processo eletrônico não se resume em jogar para o ambiente virtual tarefas então realizadas em papel, mas, sim, otimizar essas tarefas.

REUNIÃO DE TRABALHO

Reunião de trabalho realizada na sede do Tribunal de Contas
Reunião de trabalho realizada na sede do Tribunal de Contas

Além da palestra, o auditor federal Alison Souza ainda participou de uma reunião de trabalho com o conselheiro presidente Edilson de Sousa, juntamente com gestores e servidores de unidades ligadas às áreas de controle externo, TI e gestão estratégica do TCE-RO.

Nessa atividade, foram apresentados e debatidos, entre outros assuntos, modelos, ferramentas e procedimentos utilizados pelas duas instituições de controle externo, assim como sistemas eletrônicos disponibilizados ao exercício da fiscalização e à “analytics” (uso de dados, análises e raciocínio visando construir um processo de tomada de decisão mais eficiente).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar