DestaqueInstitucionalParceirosTCE-RO

Pesquisa mapeia comportamento de usuários de EaD

Levantamento nacional realizado pela Enccla e pelo OSB, com apoio da Atricon, mapeia perfil e interesse do público em cursos a distância

A Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro – de cuja composição faz parte a Associação dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) –, associada ao Observatório Social Brasil (OSB), está desenvolvendo pesquisa com o objetivo de traçar o perfil do usuário e mapear o nível de interesse do público em cursos no formado EaD (Ensino a Distância).

Segundo os organizadores, a ideia da pesquisa (acesse aqui) é capacitar pessoas para o exercício do controle social e a fiscalização de contratos públicos.

Para Ana Cristina Tostes, integrante da coordenação da Ação 10 da Enccla, “é importante a divulgação do questionário para o maior número de servidores, observadores, conselheiros (de políticas públicas) e público em geral, abrangendo os que atuam nas áreas de saúde, educação, obras, contratos e licitações, prevenção, integridade e transparência.”

Além de estar aqui disponível ao acesso do público, a pesquisa também será compartilhada via e-mail para os membros do Sistema OSB e seus parceiros institucionais.

A Ação 10 busca como resultado quatro grandes focos:

  1. Mapear as capacitações/treinamentos, de caráter gratuito e virtual, disponíveis nas escolas de contas, escolas de governo do Brasil e em outras fontes, inclusive as oportunidades que estimulem e apoiem a transparência ativa e passiva, e o fornecimento de dados abertos no setor público;
  2. Definir a entidade que será responsável pela plataforma que hospedará esses cursos;
  3. Definir as estratégias mais apropriadas para a divulgação do catálogo dos treinamentos/capacitações;
  4. Analisar o perfil do público-alvo a fim de buscar melhor qualificação dos cursos e formatos oferecidos.

MELHORIA DO CONTROLE

O OSB já estende as ferramentas desenvolvidas e as suas capacitações da Escola da Cidadania também aos servidores públicos, no intuito de criar ou melhorar sistemas de controles internos, gestão de estoque e qualificação das funções de pregoeiro, controlador interno e fiscal de contrato nas prefeituras e câmaras municipais.

Com essa ação proposta, a Enccla pode contribuir para qualificação e aprimoramento desse processo junto aos 150 municípios onde o OSB está presente e promover maior capilarização do projeto educativo a outras regiões do país, podendo, assim, alcançar pelo menos 10 mil servidores públicos das áreas específicas e outros milhares de integrantes de conselhos sociais dos municípios.

Com a pesquisa, será possível realizar avaliações que permitam identificar: qual o tipo de conteúdo mais atrativo, novos temas e modelos de treinamentos e capacitações, bem como novos e eficazes instrumentos e ferramentas para acompanhamento de cursos no modelo EaD e uma convergência entre a demanda do público e os cursos hoje existentes.

Clique aqui e acesse a pesquisa.

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar