MPCTCE-RO

Campanha de incentivo à doação de medula é apoiada e fomentada pelo MPC e pelo TCE em Rondônia

A ação decorre do acordo de cooperação assinado pelo MPC e pelo TCE, com a Fhemeron, e com a participação ainda do Ministério Público do Trabalho (MPT), do Ministério Público Estadual (MP-RO) e da Secretaria Estadual de Saúde (SESAU)

Tendo em vista a mobilização estadual em favor do incentivo à doação de medula óssea, o Ministério Público de Contas (MPC-RO) e o Tribunal de Contas (MPC-RO) abraçaram a causa, fomentando campanha específica junto aos seus agentes públicos, assim como a sociedade em geral.

A ação decorre do acordo de cooperação assinado pelo MPC e pelo TCE, com a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron). Também assinaram o documento o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Ministério Público Estadual (MP-RO) e a Secretaria Estadual de Saúde (SESAU).

O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da doação de medula óssea para pacientes com doenças que afetam as células do sangue, como leucemias, anemia aplástica e linfomas, buscando fomentar o aumento e a atualização do cadastro de voluntários.

COMO SER DOADOR?

De acordo com a Fhemeron, os requisitos para fazer a doação de medula óssea são relativamente simples: é preciso ter entre 18 e 34 anos, estar em bom estado geral de saúde, não ter doenças infecciosas ou incapacitantes, câncer ou doenças hematológicas (do sangue) ou do sistema imunológico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Skip to content