Sem categoria

Participantes elogiam programa de treinamento do TCE

Os participantes do segundo e último dia do V Encontro de Atualização Administrativa realizado pelo Tribunal de Contas de Rondônia TCE-RO elogiaram a iniciativa e o modo como o projeto foi realizado este ano, com a formatação mais diversificada dessa vez, dividido em várias Oficinas, em quatro pólos, de 20 a 26 em Vilhena, Rolim de Moura e Ji-Paraná, e terça e quarta-feira, 28 e 29, em Porto Velho.

Para o presidente do TCE conselheiro José Euler Potyguara Pereira de Mello, “o ganho da realização de um evento deste porte é uma via de mão dupla cujo grande beneficiário é a sociedade, porque acontece um diálogo maior e mais próximo com os agentes dos jurisdicionados e, também, se permite a reciclagem que vai levar à correção de possíveis falhas e adaptação a novos conhecimentos e determinações da legislação”.

Para o chefe da contabilidade da prefeitura de Ariquemes, Erivan Batista de Souza, o programa de atualização promovido pelo Tribunal é muito importante, pois as mudanças na legislação acarretam inúmeras dúvidas. Ele ressaltou, também, a troca de experiências com outros municípios. “Às vezes surgem dúvidas de outros municípios e quando o Tribunal as esclarece servem de exemplo para aplicarmos no nosso trabalho”.

Osvaldino de Medeiros Marques, chefe de controle interno da Câmara Municipal de Guajará-Mirim, elogiou o nível de conhecimento e a forma de transmissão de informações usada pelos técnicos do Tribunal de Contas que atuaram como instrutores das Oficinas. “Todos passam muita segurança sobre os assuntos abordados durante as aulas, e isso é muito importante para nós que temos nessas ocasiões oportunidades únicas de tirarmos dúvidas”, afirmou.

Participante da Oficina que tratou sobre Atos de Pessoal, a responsável pela confecção da folha de pagamento da Secretaria de Estado de Administração, Nazaré Pedrosa, disse que conseguiu tirar muitas dúvidas, principalmente com relação aos atos que devem ser publicados na admissão e como proceder nos casos dos pensionistas.

Durante oito dias técnicos de órgãos públicos do Estado, prefeituras (incluindo autarquias) e Câmaras Municipais participaram das Oficinas que o Tribunal de Contas organizou, onde foram abordados os temas Atos de Pessoal, Fundeb, Sigap, LRF.NET, Plano de Contas Único, Orçamento, Licitação, Título Executivo, Tomada de Contas Especial e Controle Interno.

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar