Sem categoria

TCE usa sistema de licitação do BID

O Tribunal de Contas do Estado vai realizar nos próximos dias uma licitação pelo sistema de Comparação de Preços, para atender à compra de equipamentos para o Programa Promoex, sendo que a modalidade licitatória é aplicada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, BID, num sistema que não tem edital e os participantes devem apresentar apenas documentos capazes de atender aos itens da própria seleção.

O pregoeiro do TCE-RO Márcio Rogério Gabriel explicou que neste sistema que atende às normas do BID, são convidados fornecedores, devendo ter no mínimo três propostas válidas, não sendo previstas reuniões de abertura de propostas, ficando a responsabilidade da seleção com a Comissão de Licitação, sendo que a vencedora não é a de menor preço, mas a que tiver maior substância válida.

Na modalidade de Comparação de Preços, os participantes não conhecem as propostas dos outros, sendo que o relatório da Comissão de Licitação, recomendando ou não o participante vencedor, é enviada ao BID, em Brasília, onde são feitas as verificações finais para saber se o resultado apontado está conforme as normas estabelecidas.

ECONOMIA

A realização de licitações pelo sistema de Pregão, Eletrônico ou Presencial, pelo Tribunal de Contas, o que já vem correndo há algum tempo, tem mostrado que esse sistema é capaz de reduzir custos e tempo, aumentando a eficiência e permitindo ganhos importantes à entidade promotora.

Nesta semana o TCE realizou um novo pregão eletrônico, quando se buscou estabelecer um registro de preços para compras futuras de 100 micro-computadores e mesma quantidade de telas 17 polegadas em LCD.

Segundo o pregoeiro Márcio Rogério observada uma redução bem representativa na relação preço previsto x preço obtido em ambos os dois casos, com maior destaque no item micro-computadores no qual os valores ficaram em torno de 30% a menos do que o que se imaginava inicialmente.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar