Sem categoria

Conselheiro propõe administrações equilibradas

Ao falar sobre o “Equilíbrio das Contas Públicas”, tema central do VI Encontro Municipal de Atualização Administrativa, que o Tribunal de Contas encerra nesta quinta-feira, em Vilhena, iniciando nova etapa amanhã, sexta-feira, em Cacoal, o conselheiro Valdivino Crispim de Souza lembrou que o momento atual da economia do mundo exige muito mais dos gestores públicos.
“Além de bons técnicos, do fortalecimento do controle interno e de medidas racionais na administração, o gestor público, num momento como o que estamos vivendo, deve ser mais que otimista e mais do que positivo nas suas decisões. Tem de ser muito equilibrado e agir, sempre, conforme a legislação vigente”.
O conselheiro, que é o corregedor do Tribunal de Contas, lembrou que “na condução da gestão pública, o administrador, especialmente aquele que vive mais próximo do cidadão, que é o prefeito ou o vereador, deve considerar sempre a busca do melhor para sua comunidade, mas sem deixar de lado a ação equilibrada”.
“A Lei de Responsabilidade Fiscal está em pleno vigor e deve ser sempre observada pelo gestor público, ainda mais neste momento difícil em que a economia se encontra, cujos reflexos são sentidos a cada momento, daí a importância de se aproveitar bem essa oportunidade que o Tribunal de Contas está oferecendo, e não só neste encontro, mas a disponibilidade constante de diálogo que temos oferecido, uma prática que tem sido feita desde quando da nossa instalação”, disse o conselheiro Valdivino Crispim.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar