Sem categoria

Participantes elogiam proposta educacional do Tribunal de Contas

“A proposta do Tribunal de Contas, de orientar para não ter de punir deve ser elogiada, porque nos oferece a oportunidade de evitar problemas futuros”, disse o prefeito de Cacaulândia, Edir Alquieri, que participou da Oficina sobre “Planejamento”, do VI Encontro de Atualização Municipal que o TCE realizou com os 10 municípios da região de Ariquemes.

A prefeitura de Cacaulândia, entre secretários e técnicos, esteve representada por 14 pessoas. “O prefeito não pode saber de tudo. Temos de contar com um corpo de assessores capacitados e não poderia deixá-los de fora”, disse o prefeito.

O contador da prefeitura de Ariquemes Fredson Mendes, que participou da Oficina sobre Licitação, disse que o Encotnro serviu para tirar dúvidas, e elogiou a escolha de Ariquemes como uma das sedes da futura Regional do TCE. “Isso vai reduzir custos, aumentar o diálogo e aproximar mais o Tribunal da sociedade”, disse.

Para Edson Casarão da Silva, responsável pela Execução orçamentária de Machadinho, participante da Oficina sobre Planejamento, “a possibilidade da discussão sobre assuntos como orçamento, planejamento e finanças, como o Tribunal está oferecendo, gera um incentivo para aprimorar o conhecimento, e deve ser repetida mais vezes”.

O vereador Isaías Pereira, de Alto Paraíso, vê na proposta educacional do Tribunal de Contas “uma consultoria de alto nível e a custo praticamente zero, ainda mais porque se precisarmos de novas orientações o Tribunal está disponível. O fato de termos um órgão assim que se propõe a ajudar e não apenas a punir é de grande valia”.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar