Sem categoria

Presidente do Tribunal de Contas fala de prioridades e desafios para o próximo biênio

As prioridades do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO) para o biênio 2010-2011 serão os investimentos em tecnologia de informática e qualificação dos servidores, além da revisão do planejamento estratégico, visando à renovação de futuras ações desta Corte de Contas.

As metas foram reveladas pelo presidente reeleito José Gomes de Melo, durante a sessão solene de posse da nova composição administrativa, realizada na última terça-feira (dia 8), no auditório do edifício-sede do TCE.

De acordo com o conselheiro presidente, o investimento em informática se justifica porque essa área permeia todas as demais. “Da mesma forma, a qualificação e o treinamento do servidor, que contribui para o fortalecimento da nossa instituição”, enfatiza.

O conselheiro presidente falou, ainda, das principais conquistas obtidas no seu atual mandato, entre as quais melhorias em setores como Corregedoria, Ouvidoria, Controladoria, que ganhou status de Secretaria Geral, 1ª e 2ª Câmaras, Instituto de Estudos e Pesquisas (IEP), Controle Ambiental e no Controle Externo.

“Evoluímos bastante e ganhamos visibilidade em âmbito nacional. Tudo isso pelo trabalho afinado entre todos os setores”, diz o presidente, enfatizando ainda a realização do concurso público em 2007, os cursos e treinos para mais de 5 mil servidores e jurisdicionados e a criação das cinco regionais no Estado.

O trabalho do presidente José Gomes foi elogiado pelo governador do Estado, Ivo Cassol. “A função do Tribunal de Contas não é a de se dar ao luxo de permitir a transgressão dos que a violam. Ele deve ser parcimonioso no seu critério de julgar, ter conduta e, principalmente, sabedoria”, declara.

NOVA COMPOSIÇÃO

Além do presidente José Gomes de Melo, foram eleitos para a nova composição administrativa do TCE nos próximos dois anos os conselheiros Valdivino Crispim de Souza, como vice-presidente; José Euler Potyguara Pereira de Mello, corregedor; Edílson de Sousa Silva, presidente da 1ª Câmara; e Francisco Carvalho da Silva, presidente da 2ª Câmara.

O conselheiro Valdivino Crispim, que também discursou durante a solenidade de posse, reiterou a harmonia entre os conselheiros para a boa administração do TCE, levada a cabo sobre o critério de eficiência e autonomia. “O objetivo é termos uma administração que seja proveitosa para o Tribunal de Contas e, obviamente, para a sociedade”, afirma.

Clique na imagem para visualizar a galeria de fotos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar