Sem categoria

Acadêmicos acompanham sessão do Pleno do TCE

A sessão do Pleno do Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO), realizada nesta quinta-feira (30), foi acompanhada pelos acadêmicos do 10º período do curso de Direito da Faculdade São Lucas. No início dos trabalhos os universitários foram saudados pelo presidente do TCE, conselheiro José Gomes de Melo, e em seguida pelo conselheiro Wilber Carlos dos Santos Coimbra, que também é professor daquela instituição de ensino superior.

Na oportunidade, Wilber Coimbra enfatizou a importância da junção entre teoria e prática para a vida acadêmica e profissional. O conselheiro demonstrou sua satisfação pelo fato de a Corte receber os futuros profissionais do Direito e ainda lançou um desafio aos acadêmicos: “Que vocês atuem junto ao Tribunal de Contas.”

O professor da Faculdade São Lucas, Christian Ito, responsável pela disciplina de Prática Administrativa, afirmou que o acompanhamento de uma sessão plenária do TCE serve para que os alunos tenham uma visão mais abrangente dos órgãos que atuam nas questões do Direito Administrativo. “Essa é uma atividade complementar da nossa disciplina, e é a segunda vez que nossos acadêmicos acompanham uma sessão do Pleno do TCE”, disse.

APRIMORAMENTO

Para a acadêmica Eusilene da Silva Machado, que realiza estágio no Departamento de Controle de Atos de Pessoal (Decap) do TCE, essa integração entre a faculdade e o TCE serve para ampliar o conhecimento dos alunos: “Como eu já tenho contato com o Tribunal de Contas fica mais fácil entender as matérias que envolvem, principalmente, a área previdenciária, que é bastante complexa.”

De acordo com Sheina Lima da Silva, a possibilidade de presenciar uma sessão plenária do Tribunal de Contas de fato “contribui significativamente para o aprimoramento dos conhecimentos jurídicos dos estudantes”.

Já Roberta Agnes Casara disse ter aproveitado a atividade para conhecer um pouco mais sobre as atribuições do TCE. “O mais interessante são as divergências doutrinárias abordadas pelos conselheiros”, salienta a acadêmica.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar