Sem categoria

Curso sobre licitação no TCE/Vilhena capacita 102 técnicos municipais

Terminou na tarde desta terça-feira (26), o curso prático sobre licitação, com ênfase em pregão presencial e eletrônico, realizado pelo Tribunal de Contas (TCE-RO) para servidores dessa área de câmaras e prefeituras. No total, 102 técnicos dos sete municípios do Cone Sul e ainda de Ouro Preto do Oeste foram capacitados na atividade, que aconteceu no auditório da Secretaria Regional de Controle Externo, em Vilhena.

O evento, coordenado pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Conselheiro José Renato da Frota Uchôa (IEP)/Escola de Contas, em parceria com a Regional de Vilhena, visa interiorizar a atuação da Corte, proporcionando a aproximação entre o órgão de controle e os responsáveis por auxiliar os administradores na gestão dos recursos públicos municipais, através do diálogo e da demonstração sobre posicionamentos técnicos.

No encerramento do curso, feito com a entrega de certificados aos participantes, a secretária interina da Regional, Valdelice Nogueira Vieira, representando a Presidência do TCE, disse que o curso era uma contribuição do Tribunal para a melhoria dos resultados da gestão pública municipal. “Espero que todos tenham tirado suas dúvidas e levem os conhecimentos adquiridos neste curso para serem implementados nos seus municípios”, afirmou.

Ela ainda agradeceu ao instrutor do curso, o subdiretor estadual da 3ª Relatoria de Controle Externo do TCE, Márcio Rogério Gabriel, por ter repassado os conhecimentos aos técnicos municipais. Fez ainda um convite para o próximo treinamento na Regional: “Em novembro, teremos curso sobre tomada de contas especial aqui, no nosso auditório.”

Já Márcio Gabriel destacou a participação efetiva e interessada dos alunos: “Outro fato importante é que não havia apenas técnicos ligados à área de licitação, mas de outras secretarias e órgãos, como Controle Interno, Administração, Planejamento. Isso é importante, porque resulta num trabalho integrado e em melhores resultados para a administração pública.”

Segundo ele, um dos desafios colocados aos participantes do curso foi a contratação pública de qualidade com economicidade. “”Esse curso foi programado para esclarecer o conjunto de ações necessárias para se fazer uma compra ou serviço com foco na economicidade, o que só se consegue unindo conhecimento e vontade”, ensina.

Ao final do curso, o servidor do TCE, lotado na Regional de Vilhena, Emmanoel Gomes, fez uma palestra motivacional comparando aspectos da vida cotidiana com os procedimentos licitatórios.

PARTICIPANTES

Os conhecimentos adquiridos e o espaço aberto para tirar dúvidas foram alguns dos pontos elogiados pelos participantes do curso prático sobre licitação. O contador da Prefeitura de Cerejeiras, Sílvio César Rossi, disse que todos tiveram a chance de aprender mais sobre o tema proposto pelo curso. “Para a minha área, que é contabilidade, foi de grande valia. Sempre tive muitas dúvidas quanto aos processos que envolvem pregão, e acredito que, a partir de agora, estou mais preparado.”

Já Sandra Maldi, técnica da Secretaria de Planejamento de Colorado do Oeste, elogiou a iniciativa do TCE, lembrando, ainda, que os cursos aproximam o pensamento do órgão de controle com a gestão dos prefeitos. “É preciso trabalhar afinado com o Tribunal e, no caso de licitação, mais ainda, porque estamos lidando diretamente com o dinheiro público.”

Também a esse respeito falou a servidora Betiane dos Santos Esser, da Secretaria de Administração e Planejamento de Cerejeiras. Segundo ela, o fato do treinamento ter acontecido em Vilhena, sede da Regional, facilitou bastante. “Só de não ter de deslocar para Porto Velho foi ótimo. Meu município, por exemplo, enviou uma equipe grande de técnicos e todos tiveram bom aproveitamento”, completou.

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar