Sem categoria

Qualidade de vida é valorizada na Política de Gestão de Pessoas do TCE

Servidores do Tribunal de Contas (TCE-RO) puderam conhecer um pouco mais sobre a Política de Gestão de Pessoas, instituída no final do ano passado por meio de resolução aprovada pelo Conselho Superior de Administração. A apresentação oficial da nova sistemática de gerenciamento movimentou o auditório na manhã desta quarta-feira (13).

O evento contou com a participação dos conselheiros José Gomes de Melo (presidente da Corte), José Euler Potyguara Pereira de Mello (corregedor), Edílson de Sousa Silva (presidente da 1ª Câmara) e Francisco Carvalho da Silva (ouvidor).

O presidente José Gomes fez o pronunciamento de abertura dos trabalhos, ressaltando a importância da valorização do servidor para o êxito institucional do TCE. “As pessoas são o maior recurso que uma instituição pode ter, e o Tribunal de Contas tem a felicidade de contar com profissionais de excelência em seu quadro”, frisou.

O presidente lembrou que a Política e o Comitê de Gestão de Pessoas (CGP) surgiram do desejo dos servidores por melhorias. “É um processo que tem raízes no trabalho desenvolvido pelos nossos técnicos”, acentuou José Gomes, numa referência ao fato de a Política ter surgido a partir de estudos de servidores que participaram do Programa de Modernização dos Tribunais de Contas (Promoex) e dos que concluíram a pós-graduação em Administração Pública, através do convênio firmado entre TCE e a Universidade Federal de Rondônia (Unir).

Logo depois da fala presidencial, o coral “Cantos de Rondônia” abriu as atividades do programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT), interpretando duas canções: “Roda Viva”, composta por Chico Buarque, e “Feira de Mangaio”, de Sivuca.

Na sequência, a coordenadora-substituta do CGP, servidora Rosimar Francelino, fez uma explanação sobre as diretrizes da Política de Gestão de Pessoas, detalhando seus três projetos (Pesquisa do Clima Organizacional, Mapeamento das Competências e Informatização do Sistema de Gestão de Pessoas) e cinco programas (Qualidade de Vida no Trabalho, Desenvolvimento de Competências, Gestão de Desempenho, Captação de Novos Talentos e Aprendizagem, Partilha e Disseminação do Conhecimento Organizacional).

Também foi aberto um canal para os servidores que quiserem apresentar sugestões, propostas e ideias, visando ao incremento da Política de Gestão de Pessoas. O material pode ser enviado para o e-mail comitegestorpessoas@tce.ro.gov.br.

AMBIENTE DE TRABALHO

Encerrando a apresentação, a psicóloga Frieda Sousa, lotada no Gabinete Médico, Odontológico e Assistencial do TCE, deu continuidade ao QVT, discorrendo sobre a necessidade de o servidor ter um ambiente de trabalho saudável. “A promoção do bem-estar do indivíduo reflete diretamente na melhoria do seu desempenho funcional e organizacional”, acrescenta.

Ela também falou sobre outros microprogramas do QVT, como Saúde e Segurança no Trabalho, Preparação para a Aposentadoria e Análise da Jornada de Trabalho, encerrando com uma mensagem positiva pela participação efetiva dos serviços nas ações que serão desenvolvidas dentro do programa.

Após assistir todo o evento, o técnico de Controle Externo, José Pereira Filho, disse que o TCE está correto ao implantar a Política de Gestão de Pessoas. “É um modelo que deu certo na iniciativa privada e que deve ser copiado pelo serviço público, até mesmo para aumentar o nível de satisfação dos nossos servidores”, conclui.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar