Sem categoria

Mais de 200 pessoas são capacitadas nas oficinas do TCE em Cacoal

Composto por cinco oficinas e sete temas, o Fórum de Atualização Administrativa que o Tribunal de Contas realizou para os municípios do polo de Cacoal terminou, nesta terça-feira (3), com saldo positivo: mais de 200 gestores e técnicos municipais foram capacitados nos dois dias do evento.

Realizado nas salas das Faculdades Integradas de Cacoal (Unesc), o Fórum foi coordenado pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Conselheiro José Renato da Frota Uchôa (IEP)/Escola de Contas e fez parte da programação de inauguração da Secretaria Regional de Controle Externo do TCE em Cacoal, que já funciona desde segunda-feira.

As oficinas buscaram abordar temas recorrentes na administração pública, atendendo, assim, carências dos próprios jurisdicionados. Dessa forma, foram ministrados cursos de licitação, gestão fiscal, orçamento, meio ambiente, atos de pessoal, regime próprio de previdência, controle interno e sistema de custeamento no setor público.

Os conhecimentos foram repassados pelos técnicos do TCE Flávio Cioffi Júnior, Omar Pires Dias, Manoel Fernandes Neto, Adriel Pedroso dos Reis, Sérgio Vieira Fernandes, Cláudio Fon Orestes, Ivaldo Ferreira Viana e Jailton Luiz Sampaio da Silva.

No encerramento das oficinas, o gerente-geral do IEP, Adão Franco, ressaltou a nova atuação do Tribunal de Contas, baseada na orientação e na qualificação do corpo técnico dos seus jurisdicionados. “Nossa meta é reduzir as falhas encontradas, evitar o retrabalho e propiciar a melhoria da gestão nos órgãos fiscalizados”, completou.

Logo depois, Adão Franco fez a entrega do certificado de participação à servidora da Câmara de Vereadores de Pimenta Bueno, Ana Cláudia Sotero Silva. Ela participou da oficina de Regime Próprio de Previdência Social, ministrada pelo técnico Cláudio Fon Orestes.

A servidora considerou o curso muito produtivo. “Ainda mais que no meu município estão querendo implantar a previdência própria e essa oficina foi importante, porque tirei muitas dúvidas que tinha em relação ao assunto”, afirmou.

Já o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Espigão do Oeste, Carlos Antônio Costa, que participou da oficina sobre meio ambiente, também reconheceu a importância da oportunidade oferecida pelo TCE: “Nossos servidores têm vontade, mas se não tiver qualificação dificulta muito. Por isso, o Tribunal nos faz um bem enorme, ao oferecer esses cursos sem custo algum para os municípios.”

Chefe do setor de licitação do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), autarquia municipal de Cacoal, Thiago Kaiser lembra que o TCE age corretamente ao capacitar os servidores municipais. “Assim, a população poderá receber um serviço melhor”, diz.

Por fim, a auditora da Prefeitura de Pimenta Bueno, Marta de Camargo Ribeiro, e a servidora da Controladoria da Prefeitura de Santa Luzia, Marilete Delarmelina, destacaram o fato de o curso já ser fruto da abertura da Regional do TCE em Cacoal.

“Essa proximidade do Tribunal com os municípios é fundamental”, disse Marta. “Tenho certeza que é apenas o início de um entrosamento e de uma parceria que irá se alongar com o tempo”, completou Marilete.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar