Sem categoria

Mais de 100 pessoas fazem recadastramento biométrico no TCE

Mais de 100 pessoas, entre membros, servidores, estagiários e prestadores de serviços, participaram, nessa terça-feira (14), da campanha de recadastramento biométrico realizada no Tribunal de Contas do Estado, fruto de parceria entre o TCE, o Ministério Público de Contas (MPC) e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

A ação itinerante teve como objetivo facilitar e agilizar o processo de recadastramento, que é obrigatório. Além de atualizar seus dados, os eleitores, ao se recadastrarem, serão remanejados para um colégio eleitoral mais próximo de sua residência.

O gerente do Projeto Biométrico do TRE, Rozevan da Silva, considerou o número de recadastrados no TCE dentro das expectativas do TRE: “A quantidade de recadastrados demonstra também que muitos já haviam atendido o chamamento da Justiça Eleitoral e feito seu recadastramento, o que reflete o comprometimento dos servidores deste órgão em estar em dia com suas obrigações eleitorais”.

A iniciativa foi aprovada pelos participantes. “Achei muito interessante, justamente pelo nosso pouco tempo no dia a dia. Dessa forma, foi possível fazer o recadastramento dentro do prazo, com comodidade e sem fila”, disse a estagiária da 6ª Secretaria de Controle Externo, Daliani Torres, uma das beneficiadas pela campanha.

Ao final da ação, tanto o TCE quanto o MPC classificaram como positiva a campanha, ressaltando que atividades como a realizada nessa terça-feira e outras recentemente promovidas no âmbito interno contribuem para o desenvolvimento da cidadania e o bem-estar de todos.

RECADASTRAMENTO

O recadastramento biométrico dos eleitores de Porto Velho continua sendo feito até o dia 20 de março, na Central de Atendimento ao Eleitor (CAE/TRE), localizada na rua Jaci Paraná, s/nº, no bairro Baixa da União, e no Shopping Cidadão, no Centro.

Para entrar no sistema biométrico de votação, o eleitor precisa ter em mãos cópia de documento público com foto que comprove sua identidade (como, por exemplo, RG, Carteira de Motorista), junto com cópia do comprovante de residência atualizado em seu nome e o Título de Eleitor, que será substituído.

Ao apresentar os documentos, o primeiro procedimento é a revisão de dados, caso seja necessária a atualização no TRE. Logo, o eleitor prossegue para a assinatura digital, seguido do registro fotográfico, momento em que são colhidas também as impressões digitais. O novo Título de Eleitor é emitido na hora.

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar