Sem categoria

Compartilhamento de cursos para servidores entre as instituições é proposto em reunião do Cercco

Em sua segunda reunião neste ano, representantes das instituições que integram o Comitê Estadual Rondônia Contra a Corrupção (Cercco) debateram, nessa terça-feira (3), na sede do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a participação de servidores nas ações de capacitação realizadas pelos órgãos que integram o Comitê.

Durante a reunião, que contou com seis das 14 instituições partícipes do Cercco, foram apresentados os cronogramas anuais de cursos de alguns órgãos. O objetivo, de acordo com o secretário executivo do Comitê, Arildo Oliveira, é o de facilitar a participação de servidores em treinamentos realizados pelas instituições de controle e defesa do patrimônio público.

“Foi apresentado o que cada instituição integrante do Cercco pode oferecer em termos de cursos para atender aos demais”, disse Arildo, ressaltando que a integração interinstitucional na área de capacitação é importante porque dissemina o conhecimento sobre os vários campos de atuação dos órgãos integrantes do Comitê.

A reunião ainda teve uma avaliação geral sobre a etapa estadual da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social (Consocial), encerrada no último sábado (31), evento que teve a adesão do Cercco, através do desenvolvimento do projeto “Estandes de Controle”, espaço reservado para que as instituições de controle e defesa do patrimônio público apresentassem seus produtos e ações voltados ao controle social e defesa do erário.

Na ocasião, a servidora Leila Juliari Cunha, da representação da Controladoria-Geral da União em Rondônia (CGU-RO), fez um relato sobre as principais atividades desenvolvidas na etapa estadual, que definiu a delegação que representará Rondônia na fase nacional do evento, marcada para o período de 18 a 20 de maio, em Brasília.

O QUE É

Criado em 2010, o Cercco reúne órgãos públicos federais e estaduais ligados ao repasse, controle e fiscalização das verbas públicas no Estado de Rondônia. Atualmente, compõem o Comitê as seguintes instituições: os Ministérios Públicos de Contas (MPC), Estadual (MP), Federal (MPF), Eleitoral (MPE) e do Trabalho (MPT), os Tribunais de Contas da União (TCU) e do Estado (TCE), a Controladoria-Geral da União (CGU), a Polícia Federal (PF), a Receita Federal e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), além da Advocacia-Geral da União (AGU), Procuradoria Federal da União e Procuradoria-Geral da Fazenda (PGFN).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar