Sem categoria

Auxílio financeiro a município não pode ser incluído na base de cálculo do limite repassado à Câmara

Em resposta a consulta feita pela Prefeitura de Parecis, o Tribunal de Contas do Estado (TCE), em sessão plenária, aprovou voto e parecer prévio vedando a inclusão, na base de cálculo do limite de despesa total da Câmara de Vereadores, dos recursos recebidos pelos municípios a título de auxílio financeiro, em cumprimento à Lei nº 12.058/2009.

O questionamento feito pelo município fundamentou-se na possibilidade de incluir, no duodécimo do Legislativo Municipal, os recursos do Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM), transferência realizada pela União para as prefeituras, a fim de amenizar os efeitos da crise financeira internacional.

Respondendo à consulente, o TCE, em convergência com o Ministério Público de Contas (MPC), entendeu que o AFM difere do outro repasse feito pela União às prefeituras, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), cujos recursos entram na base de cálculo do limite do duodécimo das Câmaras.

No parecer prévio, o TCE lembra que o FPM é uma transferência constitucional, composto de 22,5% da arrecadação dos Impostos de Renda (IR) e sobre Produtos Industrializados (IPI), sendo a distribuição dos recursos efetuada de acordo com o número de habitantes do município. Já o AFM é eventual e temporária e foi autorizada e regulamentada por medida provisória, posteriormente convertida na Lei 12.059/09.

Outra diferença apontada pelo TCE para ratificar a impossibilidade de o AFM entrar no cálculo do repasse às Câmaras é de ordem contábil: os recursos recebidos por meio do FPM são registrados na contabilidade municipal na natureza da receita 1721.01.02 – Cota Parte, enquanto o apoio financeiro (AFM) deverá ser registrado na natureza da receita 1721.99.00 – Outras Transferências da União.

O voto e o parecer prévio aprovados pelo Pleno passam a fazer da Consolidação de Entendimentos do TCE, firmando, desse modo, precedente normativo no âmbito de jurisdição da Corte de Contas.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Skip to content