Sem categoria

Durante posse de secretário, governador reconhece atuação positiva do TCE no caso das UPAs

Ao abordar a situação da Saúde no Estado, durante a posse do novo titular dessa Pasta, Williames Pimentel, e de seu secretário-adjunto, Luís Maiorquin, nesta quinta-feira (22), o governador Confúcio Moura falou sobre a situação das unidades de pronto-atendimento (UPAs), construídas pelo Estado em Porto Velho.

Na oportunidade, Confúcio Moura comentou sobre a atuação do Tribunal de Contas (TCE), reconhecendo como positiva a decisão da Corte de Contas, tomada recentemente, que determinou a paralisação das medidas para prover as UPAs com pessoal e equipamentos.

Quanto ao apontamento do TCE sobre uma possível ociosidade das UPAs estaduais, em virtude de sua proximidade com as unidades de pronto-atendimento municipais, o governador admitiu como solução a possibilidade da transformação das unidades estaduais em centros de tratamento especializado, entre os quais, de reabilitação física.

Nesse sentido, Confúcio Moura informou que está sendo elaborado um plano de ação para a implementação dessas mudanças, o qual deverá ser submetido, posteriormente, ao Tribunal de Contas.

Ainda durante a posse do novo secretário, o governador voltou a ressaltar a importância das contribuições dadas pelos órgãos de controle e fiscalização, os quais, por meio de suas determinações, recomendações e sugestões, possibilitam ao Executivo implementar, com mais segurança, melhorias na área de saúde, visando atender a população com serviços cujas especialidades ainda não estão disponíveis na área pública.

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar