Sem categoria

Acordo entre TCE e Fapero busca estimular a produção científica no Estado

O Tribunal de Contas (TCE-RO) e a Fundação Rondônia de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa (Fapero) firmaram, nessa quinta-feira (16), acordo de cooperação, visando, primordialmente, desenvolver, elaborar e prover apoio ao Programa de Doutorado (Dinter) em Ciências Políticas executado atualmente pela fundação.

Com prazo de vigência de 48 meses, o termo foi assinado pelo presidente do TCE, conselheiro José Euler Potyguara Pereira de Mello, e pelo presidente da Fapero, Francisco Elder de Oliveira Souza, durante ato realizado na sede da Corte de Contas.

Segundo Francisco Elder, o acordo é inédito, uma vez que a fundação, que existe desde 2012, ainda não tinha assinado parceria com nenhuma outra instituição pública rondoniense. “É uma grande felicidade que essa cooperação esteja sendo selada exatamente com o Tribunal de Contas, uma instituição importante e consolidada em nosso Estado”, disse.

Além de ressaltar a importância do termo, o presidente da Fapero ainda acenou positivamente para novas e futuras ações entre as duas instituições, citando, como exemplo, o auxílio do TCE à fundação para o esclarecimento de questões e entendimentos na área de competência da Corte de Contas.

Especificamente sobre o Dinter em Ciências Políticas, foi explicado que, uma das atribuições da fundação, é exercer a articulação interinstitucional no Estado, a fim de viabilizar o programa de doutorado junto à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em parceria com a Faculdade Católica de Rondônia (FCR), atendendo as necessidades de capacitação do Estado.

Por sua vez, o conselheiro presidente José Euler lembrou que a parceria será de grande valia tanto para a Fapero quanto para o TCE, porque, além da qualificação do capital humano da Corte, há ainda a possibilidade de troca de informações técnicas por meio desse regime de cooperação, contribuindo, dessa forma, para a melhoria dos serviços oferecidos pelas duas instituições.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar