Sem categoria

Indicadores da nova avaliação da Atricon são apresentados no TCE-RO

O Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO) realizou nessa quarta-feira (5) reunião visando apresentar as diretrizes e regras propostas para a nova avaliação do sistema de controle externo brasileiro que será realizada pela Associação dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon).

Realizada no auditório da Corte de Contas rondoniense, a reunião teve a coordenação da Secretaria de Planejamento do TCE e contou com a participação de representantes dos setores responsáveis pela consolidação das informações que o Tribunal terá de, futuramente, encaminhar à Atricon.

Na oportunidade, foi destacado que a nova avaliação sobre os TCs, denominada Índice de Agilidade e Qualidade dos Tribunais de Contas, amplia o leque de opções em relação à primeira pesquisa, realizada em 2013, analisando quesitos dentro da estrutura dos Tribunais, envolvendo não só o Controle Externo, mas outras áreas e setores, como Corregedoria, Comunicação, Informática, Recursos Humanos, Escola de Contas, Ouvidoria, Controle Interno, Administração, Planejamento e Sessões.

A nova pesquisa abrange oito grandes áreas temáticas, denominadas domínios, e envolve 29 indicadores, 86 dimensões e mais de 600 requisitos. O objetivo é que o levantamento seja um marco referencial para que as instituições de controle busquem se aperfeiçoar, identificando itens, ações e procedimentos que precisam ser melhorados.

AVALIAÇÃO POSITIVA

Na primeira pesquisa nacional dos TCs, realizada em 2013, o Tribunal de Contas de Rondônia obteve avaliação positiva, destacando-se, entre outros pontos, a convergência de suas ações e objetivos estratégicos com os itens do, à época, programa de avaliação da Atricon, indicando, assim, o acerto da instituição em apostar na eficiência do planejamento estratégico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar