Notícias

Curso do TCE para membros de Conselhos de Saúde encerra etapa de Vilhena e chega a Cacoal

Foi encerrada nesta sexta-feira (12) em Vilhena a primeira etapa da capacitação oferecida pelo Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO) sobre a atuação e a fiscalização feita pelos Conselhos de Saúde. Agora o evento segue para Cacoal, onde acontece a segunda fase da ação pedagógica, com atividades iniciando-se na próxima segunda-feira (15), na Câmara Municipal.

Membros de Conselhos de Saúde, dos controles internos dos municípios e demais interessados que ainda não se inscreveram e queiram participar do evento, que é organizado pela Escola Superior de Contas (Escon) do TCE, podem fazer sua inscrição de modo eletrônico, pelo portal da instituição, até este domingo (14).

Para facilitar a participação, os interessados também poderão se inscrever momentos antes do início da capacitação, marcado para as 8 horas de segunda-feira, na Câmara de Cacoal.

REGIONAIS

Em Vilhena, o último dia de atividades teve, além de exercícios práticos, espaço para esclarecimento de dúvidas e repasse de novas orientações sobre assuntos envolvendo tanto a atuação do Tribunal de Contas quanto dos Conselhos de Saúde.

O secretário regional Oscar Carlos e os instrutores do curso, o conselheiro-substituto Davi Dantas e o secretário regional Moisés Rodrigues
O secretário regional Oscar Carlos e os instrutores do curso, o conselheiro-substituto Davi Dantas e o secretário regional Moisés Rodrigues

No tocante a esse assunto, o secretário regional de controle externo do TCE em Vilhena, Oscar Carlos das Neves Lebre, foi convidado a falar sobre o papel desempenhado pelas unidades do Tribunal no interior, destacando em sua apresentação a oportunidade que os membros de conselhos sociais, como os da saúde, têm de se utilizaram dos serviços prestados pela regional, inclusive para tirar dúvidas.

De acordo com Oscar, além da ação fiscalizadora, as regionais também têm função orientadora, visando prevenir possíveis irregularidades praticadas contra o erário. Ele ainda citou a importância dos membros de conselhos fazerem o acompanhamento e a fiscalização dos recursos destinados à área de saúde de forma constante, de preferência mensalmente. “Agindo assim, certamente o trabalho será mais preciso e com mais segurança”, disse.

Para o conselheiro-substituto Davi Dantas da Silva, que ao lado do secretário regional de controle externo Moisés Rodrigues Lopes, ministra o curso para os membros de Conselhos de Saúde, o TCE busca, por meio das regionais e da capacitação realizada em Vilhena e Cacoal, fortalecer e aproximar-se dos Conselhos Sociais. “É muito bom quando notamos o interesse dos conselheiros da saúde em aprender para poder melhor fiscalizar”, completou.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar