Notícias

Tribunal de Contas realiza 2ª RAE de 2017 destacando seus resultados estratégicos

Os resultados obtidos ao longo do primeiro trimestre de 2017, referentes ao monitoramento da execução dos planos de ações, atividades e indicadores previstos no Plano Estratégico 2016/2020 do Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO), foram o tema da segunda Reunião de Análise Estratégica (RAE) de 2017, realizada nessa segunda-feira (31), na sede da instituição, em Porto Velho.

Dirigida pelo presidente do TCE-RO, conselheiro Edilson de Sousa Silva, a RAE teve a participação de secretários, diretores e chefes dos setores envolvidos na execução e no monitoramento do PE 2016/2020.

Na ocasião, foram apresentados pela Secretaria de Planejamento (Seplan) do TCE-RO números sobre a execução do Plano Estratégico, consolidados até o mês de junho/2017, bem como a evolução, ao longo do segundo trimestre, de indicadores como o Índice de Execução do Plano Estratégico (Iepe) – que registra o grau de execução do PE 2016/2020 – e o Índice de Avaliação das Metas dos Objetivos Estratégicos (Iamoe) – que avalia o cumprimento das metas e objetivos.

De acordo com o conselheiro presidente, por meio dos resultados que o Tribunal vem obtendo em termos de excelência com seu plano estratégico, alcançou-se grande credibilidade “Isso nos credenciou para realizarmos a avaliação do Tribunal de Contas da União, como parte do Marco de Medição de Desempenho dos Tribunais de Contas, o MMD-TC”, afirmou.

INDICADORES

O conselheiro presidente Edilson de Sousa ainda mencionou o empenho de todos para a consecução dos objetivos estratégicos estabelecidos nos primeiros seis meses deste ano, destacando a vontade demonstrada pelos servidores e setores para o alcance dessas metas.

Foram observados a participação e o envolvimento dos setores ao subsidiarem as informações necessárias para a construção dos dois indicadores (Iepe e Iamoe).  Também foi mencionado um crescimento de 20% de melhorias envolvendo os anos de 2015 a 2017, relativamente ao comparativo estabelecido pelos MMD-TC desses períodos. Esses dados, entretanto, ainda não foram validados.

O presidente falou também sobre a importância de o TCE-RO estar desenvolvendo, desde 2016, junto aos 52 municípios do estado o Índice de Efetividade de Gestão Municipal (IEGM), ferramenta criada para sistematizar informações dos municípios em nove áreas: controle interno, receita, saúde, educação, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, cidades protegidas e governança em tecnologia da informação.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar