Notícias

Diretoria do CNPTC se reúne para definir ações da entidade

Foi realizada na tarde dessa quinta-feira (21), em Brasília, a primeira reunião da diretoria recém-eleita do Colégio Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC).

Questões de interesse do Colégio estiveram na pauta da reunião

Participaram do encontro, na Escola de Governo do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TC-DF), o presidente do Colégio, conselheiro Edilson de Sousa Silva (TCE-RO), o vice-presidente, conselheiro Joaquim Castro Neto (TCM-GO), o secretário-geral, conselheiro Severiano Costandrade (TCE-TO), além de suas respectivas equipes de trabalho.

Também estiveram presentes: a presidente do TC-DF, conselheira Anilcéia Machado, os auditores de Controle Externo Paulo Panassol (TCE-RS) e Risodalva de Castro (TCE-MT) e os assessores do TCE-RO, Clayre Eller e Márcio Santos Alves.

PAUTA

Apresentação focou em temas relativos à atuação e competências do CNPTC

Dentre os assuntos abordados, o novo Regimento Interno do CNPTC, que inclui um conjunto de informações, como natureza, finalidade e princípios da entidade, além dos detalhes sobre composição e deliberações.

Também foram abordadas outras questões institucionais, a exemplo da apresentação da identidade visual e de canais de comunicação.

As discussões ainda envolveram a necessidade de elaboração do Planejamento Estratégico e distribuição de responsabilidades.

“Vamos fortalecer a entidade para trabalhar em parceria com instituições como Associação dos Membros dos Tribunais de Contas e Instituto Rui Barbosa, reforçando ações de extrema importância para o aprimoramento do Controle Externo. Cito como exemplo o projeto de governança dos TCs, com a promoção de uma cultura de boas práticas, e o Marco de Medição do Desempenho”, destacou o presidente, Edilson de Sousa Silva.

Conselheiro presidente do TCE-TO e secretário-geral do Colégio, Severiano Costandrade explicou o papel do CNPTC: “As atividades têm caráter técnico, pedagógico e científico, com o objetivo de defender os princípios, prerrogativas e funções das Cortes de Contas, além de promover a integração”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar