Sem categoria

Presidente da Assembleia diz que presença do TCE no interior aperfeiçoa a gestão pública

A possibilidade do gestor público do interior administrar em consonância com as orientações e entendimentos das normas jurídicas adotadas pelos órgãos fiscalizadores é a grande vantagem que o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado estadual Neodi Carlos, vê na interiorização do Tribunal de Contas (TCE-RO).

O entendimento foi exposto na manhã da última quinta-feira (27), durante a inauguração da primeira unidade regional do órgão, em Vilhena, no Cone Sul. “A iniciativa do Tribunal de Contas é louvável, porque visa aperfeiçoar e aprimorar o trabalho dos legislativos e das prefeituras municipais”, disse Neodi.

Ainda com relação ao aprimoramento, o presidente da Assembleia ressaltou a importância de os gestores se mobilizarem, a fim de reivindicarem do Tribunal de Contas cursos, palestras e seminários com mais freqüência: “Recentemente tivemos mudança na legislação em relação aos repasses que são feitos para as câmaras, o que gerou muita dúvida. Com o Tribunal próximo, os gestores poderão tirar as dúvidas e não fazer errado.”

De acordo com Neodi, outra vantagem do processo de interiorização do TCE, que contempla unidades em mais quatro municípios polos (Cacoal, Ariquemes, Ji-Paraná e São Miguel do Guaporé), é a redução de gastos para a administração pública.

“Toda vez que um veículo seja da Câmara, seja da Prefeitura, tem de se deslocar até Porto Velho, gera despesa, com combustível, manutenção, alimentação e diária em hotéis. Com o Tribunal inaugurando sua Secretaria Regional no interior, essa despesa cai, o que representa mais economia para os municípios”, declarou.

Clique na imagem acima para visualizar a galeria de fotos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar