Sem categoria

Presidente do TCE recebe equipe de elaboração do planejamento estratégico de TI

A equipe de profissionais da OSM Brasil, empresa vencedora da licitação pela elaboração do Planejamento Estratégico de Tecnologia de Informação (PETI) do Tribunal de Contas, foi recebida, nesta sexta-feira (11), pelo presidente do TCE, conselheiro José Gomes de Melo, no Gabinete da Presidência.

Acompanhado do secretário-geral de Informática da Corte, Sílvio Bueno, José Gomes disse à equipe da OSM, composta pelos técnicos Luzia Ueta, Fernando Bellezzia, Rosa Maria Attillio e Carlos Victor Soares, que o objetivo do Tribunal de Contas, ao elaborar pela primeira vez seu Planejamento Estratégico de TI, é “otimizar essa área, economizando recursos e alcançando resultados satisfatórios”.

Destacando a importância da tecnologia para as corporações na atualidade, o conselheiro presidente ainda lembrou que o TCE rondoniense vem sendo referência em muitas áreas. “Mas não é por isso que podemos ficar parados. Temos sempre de buscar a melhoria e a modernização, o que esperamos alcançar com esse planejamento estratégico que estamos realizando”, disse.

Previsto no Plano Estratégico 2011/15 do Tribunal de Contas e uma das exigências do do Programa de Modernização dos Tribunais de Contas (Promoex) para que os órgãos de controle recebam recursos financeiros e colaboração das instituições envolvidas no projeto, o PETI será, segundo a professora Luzia Ueta, um “divisor de águas para o TCE”.

Já Fernando Bellezzia explicou que o estudo vai diagnosticar os problemas relacionados à área de TI que afetam a eficácia das ações do TCE e, consequentemente, a prestação de serviços ao jurisdicionado e à população. “Além da identificação de possíveis ‘gargalos’, o planejamento estratégico trará sugestões de metas, objetivos, programas e ações para que o Tribunal de Contas possa cumprir sua missão institucional”, frisou.

REUNIÃO

Pela manhã, a equipe do PETI esteve reunida, na sala de treinamentos do Instituto de Estudos e Pesquisas (IEP), com representantes de todos os setores do Tribunal, a fim de repassar as diretrizes do estudo que está sendo elaborado, alinhando temas estratégicos a partir da visão de futuro que o TCE deseja alcançar na área de tecnologia da informação.

Para tanto, foi realizada dinâmica, baseada na análise de ambientais organizacionais, como força e fraqueza (interno) e oportunidades e ameaças (externo). Também foram ouvidas sugestões e opiniões dadas pelos participantes da reunião.

Para a próxima semana, os profissionais da OSM agendaram uma audiência com os conselheiros, auditores e procuradores do Ministério Público de Contas, a fim de explicar como será conduzido o trabalho no TCE.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar