Sem categoria

TCE repassa novas regras da contabilidade pública para técnicos e gestores do Cone Sul

Mais de 100 pessoas, entre gestores, técnicos municipais e profissionais de empresas que prestam serviços contábeis às prefeituras e câmaras, estão participando em Vilhena do curso sobre as novas regras da contabilidade pública, uma realização do Tribunal de Contas do Estado (TCE), por meio da Escola Superior de Contas (Escon).

A abertura da capacitação ocorreu nesta quinta-feira (16), no auditório da Secretaria Regional do TCE, em Vilhena. Falando em nome do presidente da Escon, o diretor de Estudos e Pesquisas Getúlio do Carmo saudou os presentes, destacando o curso como uma oportunidade para um aprendizado mais aprofundado sobre as novas regras da contabilidade aplicada ao setor público.

Responsável juntamente com o auditor Erivan Oliveira e os técnicos do TCE, Francisco Barbosa, Allan Albuquerque e Jorge Eurico, por repassar os conhecimentos sobre as novas regras, o auditor Omar Dias lembrou que as regras são complexas e precisam estar bem entendidas, para sua devida aplicação no cotidiano da administração municipal.

“São normas aprovadas no âmbito federal, sendo que já temos norma estadual regulamentada pelo Tribunal de Contas. Por isso é importante que, além de procurar apreender o máximo de conhecimento possível, os participantes desse curso, ao voltarem aos seus municípios, sirvam de multiplicadores dessas informações, para que ganhemos tempo”, acentuou.

ENFOQUE

Além da parte introdutória, a capacitação teve, nesta quinta-feira, um enfoque voltado para as inovações introduzidas na contabilidade pública, a partir da regulamentação de normas federais, principalmente portarias da Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

O auditor Erivan Oliveira aproveitou a parte da manhã para apresentar uma noção geral da contabilidade aplicada ao setor público, com suas peculiaridades e exigências, após a nova legislação. Ele lembrou que as novas regras regulamentadas pela STN visam adequar a contabilidade pública brasileira às normas internacionais.

O curso, que tem carga horária total de 16 horas-aula, continua nesta sexta-feira (17), novamente no auditório da Regional de Vilhena. Além do Cone Sul, a jornada pedagógica percorrerá os municípios-polo de Cacoal e Ariquemes, finalizando em Porto Velho.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar