Notícias

Presidência convida membros e servidores para apresentação sobre avaliação da Atricon, o MMD-QATC

 

O Tribunal de Contas (TCE-RO) realiza no próximo dia 22, das 12h às 13h30, em seu auditório, uma apresentação de sensibilização sobre o programa Marco de Medição de Desempenho – Qualidade e Agilidade dos Tribunais de Contas (MMD-QATC), uma iniciativa da Associação dos Membros dos TCs (Atricon) que visa contribuir para a melhoria do desempenho de 32 das 34 Cortes de Contas do Brasil que aderiram ao projeto por meio da medição.

 

Para o evento estão convidados todos os agentes públicos da Corte de Contas – conselheiros, conselheiros-substitutos, procuradores do Ministério Público de Contas (MPC) e servidores. A apresentação será feita pelo conselheiro do TCE-RO, Edilson de Sousa Silva, integrante da comissão técnica designado pela Atricon para realizar o trabalho, do qual o TCE rondoniense participa como avaliado e também avaliador.

 

O objetivo é possibilitar que todo o público interno conheça o conteúdo e a finalidade do programa, que vai analisar quesitos referentes à estrutura dos TCs brasileiros, envolvendo Controle Externo, Corregedoria, Comunicação Social, Tecnologia da Informação, Gestão de Pessoas, Escola de Contas, Ouvidoria, Controle Interno, Administração, Planejamento, Sessões e Jurisprudência.

 

De acordo com o conselheiro presidente José Euler Potyguara Pereira de Mello, é essencial haver o engajamento dos servidores, por meio do conhecimento e da percepção sobre a importância desse programa, a fim de que esse trabalho em equipe subsidie um bom diagnóstico da atuação do Tribunal de Contas com consequente reflexo na autoavaliação que está sendo realizada pela Atricon.

 

Na primeira pesquisa nacional dos Tribunais de Contas, realizada em 2013, o TCE de Rondônia obteve avaliação positiva, destacando-se, entre outros pontos, a convergência de suas ações e objetivos estratégicos com os itens do, à época, programa de avaliação da Atricon, indicando, assim, o acerto da Instituição em apostar na eficiência do Plano Estratégico 2011/15.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar