Notícias

Aprimoramento dos Tribunais de Contas é debatido no XXIX Congresso dos TCs em Goiás

Com a presença de autoridades e membros de Cortes de Contas de todo o país, foi aberto nessa quarta-feira (22), em Goiânia (GO), o XXIX Congresso dos Tribunais de Contas do Brasil. Palestras e debates sobre o aprimoramento dos TCs em meio à crise compõem a pauta do evento, que conta com a participação do Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO).

Presidente do Tribunal de Contas anfitrião do evento, o conselheiro Kennedy Trindade definiu como incalculável a honra para o TCE de Goiás em sediar o evento, destacando a oportunidade de compartilhar saberes, boas práticas, amadurecimento institucional, reforço dos laços e aperfeiçoamento para, ao final, seja alcançado o “melhor preparo e contribuição efetiva para a melhoria da administração pública em nosso país”.

Kennedy argumentou que os tribunais de contas podem ser protagonistas de uma retomada, citando ainda a falta de planejamento e ineficácia da gestão como dreno pelo qual escoam imenso volume de recursos, impedindo que o cidadão tenha acesso a serviços públicos de qualidade.

Para ele, as cortes devem contribuir por meio da atuação pedagógica, preventiva ou concomitante. “Em vez de punir quem desviou milhões, podemos evitar o dano. No lugar de penalizar o desperdício, podemos contribuir para uma gestão mais eficaz das políticas e recursos públicos”.

CONFIANÇA

A conferência de abertura do congresso foi feita pelo escritor moçambicano Mia Couto, que buscou repassar uma mensagem de preocupação, mas de confiança no futuro do Brasil. Considerado um dos mais influentes escritores de língua portuguesa, Mia citou o símbolo do evento, o ipê, como uma metáfora da própria vida, por sua resistência às adversidades.

Ele elogiou a escolha de um escritor para falar no evento. “Os tribunais de contas já conhecem os seus desafios e os caminhos a trilhar e para isso promovem encontros como este, reforçando o debate interno. E fazem bem ao buscar caminhos ainda mais produtivos, saindo de suas paredes ao incluir na discussão pessoas como eu, que aparentemente não tem nada a ver com o controle. É um investimento para superar a adversidade”.

PAINÉIS

O Congresso dos TCs, que prossegue nesta quinta-feira (23), teve ainda em seu primeiro dia dois painéis: “Os Tribunais de Contas vistos pelo Poder Judiciário: desafios e oportunidades” e “Panorama da educação no Brasil: papel dos Tribunais de Contas”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar