Sem categoria

Presidente do TCE visita obras da Regional de Cacoal

O presidente do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO), conselheiro José Gomes de Melo, juntamente com o vice-presidente, conselheiro Valdivino Crispim de Souza, e o ouvidor, conselheiro Francisco Carvalho da Silva, visitaram, na manhã desta sexta-feira (19), as obras da Secretaria Regional de Controle Externo de Cacoal.

Acompanhando os membros da composição administrativa desta Corte de Contas, estiveram, ainda, o secretário-geral de Administração, Luiz Francisco Gonçalves Rodrigues, e a técnica de Controle Externo, Valdelice Nogueira. Eles foram recebidos pelo engenheiro civil José Sirlan Gama, responsável pela obra.

A comitiva visitou as obras da Regional de Cacoal, que se encontram em fase adiantada, com a fundação e a primeira laje concluídas e a estrutura do teto já iniciada. De acordo com o presidente José Gomes, a expectativa é de que, até junho, a edificação esteja concluída.

O conselheiro presidente aproveitou, ainda, para destacar a importância da instalação da Regional, que vai proporcionar maior aproximação do TCE com os jurisdicionados e garantir mais transparência e maior controle dos gastos públicos.

“Essas unidades administrativas proporcionarão atendimentos mais rápidos e eficientes, ao tempo de suas ocorrências. É importante ressaltar, ainda, que é uma porta aberta diretamente ao cidadão na busca de informações sobre as contas públicas de seu interesse, bem como facilitar-lhe representações contra abusos e más aplicações de recursos públicos locais e regionais”, explicou.

HOSPITAL REGIONAL

Na sequência, a comitiva se dirigiu às obras do Hospital Regional de Cacoal, que têm acompanhamento do TCE-RO por recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU), em decorrência da compensação ambiental advinda da Licença de Instalação da Usina Hidrelétrica de Santo Antônio.

A comitiva foi recebida pelo responsável pelas obras do Hospital, engenheiro Paulo de Oliveira Rego, o qual informou sobre o andamento dos serviços. “Acredito que, até o final de março, 90% das obras já estejam concluídas, faltando apenas o Centro Cirúrgico”, disse, acrescentando que estão sendo feitas instalações hidráulicas e elétricas, além de redes de dados e de gases medicinais e um projeto especial de climatização, que vai abranger, inclusive, o pronto-socorro.

O novo hospital terá oito centros cirúrgicos, 30 leitos de UTI e mais 160 leitos para internação, ala pediátrica, laboratórios de análises clínicas e exames de alta complexidade, como ultrassonografia e tomografia computadorizada, além de central geradora de oxigênio, poços artesianos, auditório para 300 pessoas, capela, cozinha industrial, salas de aulas para residentes e alunos estagiários de medicina e enfermagem e uma central geradora de energia elétrica com capacidade de 2.500 kVA (o suficiente para abastecer uma cidade de 8 mil habitantes).

O Hospital Regional vai atender a demanda de serviços de saúde das regiões de Ji-Paraná, Jaru, Cacoal, Rolim de Moura e Vilhena. O término da obra vai trazer melhoria significativa no que diz respeito ao acesso dos usuários da região aos procedimentos de média e alta complexidade e reduzirá o risco de morte em percurso dos pacientes que dependem da estrutura existente em Porto Velho.

Ainda em Cacoal, o presidente do TCE e sua comitiva fizeram uma visita de cortesia à prefeita em exercício, Raquel Carvalho, no Palácio do Café, sede da Prefeitura. Na ocasião, estavam presentes os vereadores Antônio Masioli e Penha Simão.

Após a visita, a comitiva do TCE deslocou-se para Vilhena, onde, na tarde desta sexta-feira, 19, faria o acompanhamento das obras da Secretaria Regional de Controle Externo daquele município, cuja data de inauguração é abril.

ARIQUEMES

Antes de acompanhar das obras da Secretaria Regional de Controle Externo de Cacoal, a comitiva do TCE esteve no município de Ariquemes, na última quinta-feira (18), sendo recebida pelo prefeito Confúcio Moura.

Na ocasião, o chefe do Executivo municipal aproveitou para mostrar aos conselheiros e aos servidores do Tribunal de Contas um terreno, onde pode vir a ser construída a sede da Regional daquele município.

No processo de interiorização deflagrado pelo presidente José Gomes, está prevista a construção de Secretarias Regionais de Controle Externo em Vilhena, Cacoal, Ji-Paraná, Ariquemes e São Miguel do Guaporé.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar